Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Governo vai reduzir IPI de móveis, revestimentos e luminárias

redacao 27/03/2012
redacao 27/03/2012

 Além da prorrogação da redução do IPI (Imposto sobre produtos industrializados) para os produtos da linha branca (fogão, geladeira, máquina de lavar e de secar) por mais três meses, o governo anunciará daqui a pouco a diminuição do imposto também para móveis, laminados e revestimentos e luminárias.

No caso de móveis, a alíquota cairá de 5% para zero, laminados e revestimentos, de 15% para zero e luminárias, de 15% para 5%. As novas alíquotas valerão para o mesmo período da linha branca: até junho.

A medida faz parte da estratégia da equipe econômica para tentar estimular a indústria e reativar a economia neste início de ano.

Nas últimas semanas, diante dos sucessivos números ruins da produção industrial, o governo vem se empenhando para animar o empresariado.

Depois de uma rodada de conversa do ministro Guido Mantega (Fazenda) com alguns setores que sofrem com a concorrência dos importados, na última quinta-feira, a própria presidente Dilma Rousseff entrou em cena e num encontro 28 peso-pesados da indústria prometeu medidas para "defender" a produção nacional.

Mas nada foi anunciado na reunião de três horas e meia, que aconteceu no Palácio do Planalto. Os empresários saíram de lá na expectativa de seriam divulgadas ações nas próximas semanas.

No início da noite desta segunda-feira, o ministro Mantega tem um novo encontro com o setor produtivo. Desta vez, em São Paulo, na Fiesp (Federação das Indústrias). Antes disso, fará o anúncio da redução de impostos.

LINHA BRANCA

Para fogões, a alíquota, que era de 4%, foi zerada. Para as geladeiras, o percentual foi reduzido de 15% para 5% e, para as máquinas de lavar, de 20% para 10%. A alíquota sobre tanquinhos também foi zerada (era de 10%).

A desoneração da linha branca já havia sido feita em abril de 2009. Na época, a medida também foi prorrogada.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.