Grifes de luxo preveem forte expansão online

redacao 26/09/2011
redacao 26/09/2011

As vendas online de produtos de luxo deverão mais que dobrar até 2015, saindo dos atuais € 4,5 bilhões no ano passado para € 11 bilhões. Elas ainda são pequenas e representaram, no ano passado, apenas 2,6% de um mercado total de € 172 bilhões, mas a previsão é de um forte crescimento nesse setor, de 20% ao ano, reforçado pela explosão das redes sociais como Facebook e Twitter e pelo aumento dos investimentos das empresas em seus sites.

A avaliação é de um estudo realizado com 187 marcas pela Fundação Altagamma, que reúne as 80 maiores marcas de luxo italianas. O relatório aponta ainda como a internet influencia o comportamento do consumidor. Primeira constatação, que não deve agradar os gerentes das lojas: boa parte dos internautas (56% nos países europeus, 46% nos EUA e 78% na China) fazem compras online de artigos de luxo simplesmente para evitar os vendedores nas butiques.

Além disso, a web se tornou um elemento-chave na decisão de compra: antes de adquirir um produto de luxo em uma loja, 67% dos europeus (50% dos americanos e 63% dos chineses) procuram informações ou formam sua opinião em sites e blogs.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.