Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Inadimplência nos consórcios cai para 10,92% em abril

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

A inadimplência total do setor de consórcios de automóveis, considerando-se os participantes ativos que estão em atraso, independentemente de terem sido contemplados ou não, atingiu 10,92% em abril.

De acordo com dados do Banco Central divulgados na segunda-feira (2), o total de não-pagadores registrou uma queda de 27 pontos-base sobre o mês anterior, quando a proporção era de 11,19% do total. Já na comparação com o quarto mês de 2007 (13,06%), houve redução de 214 pontos-base.

Entre os participantes que já foram contemplados, a inadimplência atingiu 4,88% no quarto mês de 2008. Em março, este índice era de 5%, e em abril de 2007, de 5,78%.

Números do setor
No geral, o sistema de consórcios cresceu 2,46% de abril de 2007 ao mesmo mês deste ano, contabilizando 3,460 milhões de participantes ativos. Já frente a março de 2008, houve alta de 0,39%.

Apenas o segmento de carros, segundo o levantamento, contava com 22,1% do total de participantes ativos do sistema em abril, o que mostra que 764.467 pessoas estavam inseridas neste tipo de consórcio.

Na comparação com o mês anterior (760.380), o total de participantes ativos dos consórcios de automóveis cresceu 0,54%, e, em relação ao total de pessoas do quarto mês de 2007 (772.107), caiu 0,99%.

Grupos e contemplações
Dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) indicam que, em abril, as vendas de veículos no mercado interno contabilizaram 216.723 unidades. Na mesma época, 14.169 cotas de consórcios de carros foram contempladas.

Com base nesses dados, é possível afirmar que, caso todas as contemplações tivessem sido utilizadas no decorrer do mês, a participação dos consórcios no total de vendas internas de automóveis teria sido de 6,54%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.