Inflação mantém ritmo de aceleração em São Paulo, mostra Fipe

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Pela sétima vez seguida, a inflação na cidade de São Paulo manteve o ritmo de aceleração gradual que vem sendo constatada desde a quarta quadrissemana de fevereiro (período de sete dias comparado ao mesmo período dos 30 dias imediatamente anteriores). O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de 0,38% para 0,43% na segunda quadrissemana de abril, conforme levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Dos sete grupos pesquisados, vestuário foi o que apresentou a maior taxa – 0,77% ante 0,50%, seguida pelos alimentos que continuaram a pressionar a taxa com alta de 0,56%. A velocidade das correções médias no grupo alimentação diminuiu, no entanto, em comparação com as duas últimas pesquisas anteriores (0,47% na primeira prévia de abril e 0,27% no fechamento de março), passando de 0,47% para 0,56%.

A terceira maior elevação foi verificada em habitação – 0,50% ante 0,47%. A alta nesse grupo tem refletido o peso maior no bolso do consumidor por causa da alta nas tarifas de energia elétrica.

Os demais grupos apresentaram as seguintes variações: transporte, 0,23% ante 0,19%; despesas pessoais, 0,29% ante 0,32%; saúde, 0,39% ante 0,30%; educação, 0,09% ante 0,10%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.