Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Investidores optam por franquias para fugir dos desafios de criar o próprio negócio

Suporte oferecido é uma das principais forças a favor do setor

Redação 16/01/2017
Redação 16/01/2017

Recolocação no mercado de trabalho, sonho, garantia de uma segunda renda… plano B! Muitos são os motivos que movem os brasileiros a investir no negócio próprio. Mas, abrir algo do zero ou investir em uma franquia? Se por um lado, o franchising oferece praticidade de um modelo e marca já testados e aprovados no mercado. Por outro, administrar o próprio negócio proporciona liberdade de escolhas e poder de decisões sobre a estrutura e administração do empreendimento.

A escolha depende de vários fatores. Entre outros importantes pontos: perfil do empreendedor, valor do capital disponível para investimento e a urgência para ter o retorno do recurso aplicado. Essas são as principais prioridades dos interessados.

Paulo José Ferreira Marques, 27 anos, de Uberaba (MG) é franqueado da Encontre Sua Viagem desde agosto de 2015. Um dos motivos que fez o jovem investir na franquia foram as dificuldades geradas para quem pensa em abrir algo do zero. “Antes de fechar com a marca, realizei alguns estudos. Como sempre tive vontade de ter o meu negócio, fui atrás disso primeiro, mas é muita burocracia, são muitos os desafios”, falou.

As facilidades foram decisivas para o jovem. “A franquia se torna um modelo de negócio atrativo e rentável porque possui suas estratégias claras e definidas, já é bem posicionada dentro de um nicho de mercado, com planejamentos de marketing e equipe capacitada para dar suporte”, relata o empresário que possui uma modalidade home office.

Há quatro meses conduzindo uma unidade no Rio de Janeiro (RJ) também home office, Leandro Guerra do Bonfim Almeida, de 38 anos, apostou na segurança que o sistema transfere ao investidor. “Fiquei com receio dos riscos, principalmente porque é necessário investir muito dinheiro. Após algumas especulações cheguei a conclusão de que o franchising era mais vantajoso. Senti confiança no fato de ter um acompanhamento diário, profissionais com know-how me orientar em questões mais empresariais mesmo”, falou o franqueado.

A experiência que possui no ramo de turismo fez com que Almeida optasse pela marca. “Agarrei a chance como uma oportunidade. Apesar de pouco tempo em atividade, não me arrependo de ter investido no franchising. Tive treinamento e orientação sobre o negócio e o mercado de atuação – não fiquei no escuro. Estou satisfeito com os resultados da minha unidade, sei que todo início é questão de divulgação, mas, mesmo nesse período, já estou obtendo excelentes resultados”, falou entusiasmado.

ESV 3

O casal Paula Nadalini Simão e Kleber Eduardo Ferretti Simão, ambos com 50 anos, são de São Paulo (SP). Apesar de já possuírem uma agência de publicidade, se renderam às franquias diversificando seus negócios. Há aproximadamente quatro meses, investiram no sistema home office da Encontre Sua Viagem. “Como estamos iniciando nesse segmento, julgamos importantes usufruir de todo o escopo do empreendimento já pronto, seus caminhos e claro, do suporte, principalmente”, esclareceu Paula.

Suporte e Apoio ao Franqueado

O suporte oferecido é uma das principais forças que somam a favor das franquias. O franqueado pode ter acesso a benefícios incríveis. Cada marca atua de uma forma, no caso da Encontre:

– Marketing: criação de materiais visuais, criação de redes sociais e publicações.

– Central de Atendimento

– Equipe Suporte: profissionais que acompanham o franqueado desde a entrada no modelo de negócio, em todo decorrer do seu trabalho.

– Departamento jurídico para apoio.

-Tecnologia: Investimento continuo em tecnologia e melhores ferramentas provedoras do mercado

– Acordos Comerciais: mais de mil empresas parceiras.

-Projeto Visual: arquitetônico e design para os modelos físicos, interno e externo.

– Análise de Geomarketing: viabilidade de mercado para instalação do ponto de vendas

– Treinamento: a rede oferece uma academia de estudos que possui cursos de vendas, marketing e fornecedores, a plataforma á 100% on-line. Para a modalidade Home Office o treinamento é 100% pela Academia, nas modalidades físicas, existe treinamento presencial na estrutura do franqueado ou internamente na nossa.

Entretanto, segundo Mol, outros tributos são necessário para garantir a conquista de um negócio bom e duradouro: “Nós oferecemos todo o respaldo, mas a garantia de sucesso se dá principalmente pela força de vontade e pelo trabalho executado pelo franqueado”, relata o diretor.

Taxa de mortalidade

Pesquisas endossam a teoria de que o investimento em franquias é mais seguro. Segundo dados da ABF – Associação Brasileira de Franchising, a taxa de mortalidade média das pequenas empresas no Brasil é de 85% nos primeiros sessenta meses, ao passo que no caso das franquias, esse percentual cai para 4,3%, em função da experiência que é transferida.

Negócios para todos os gostos e todos os bolsos

O home office da Encontre Sua Viagem vem caindo cada vez mais no gosto da população. Entretanto, a empresa diversifica com outros modelos: Loja e Quiosque. “Todas trabalham com os mesmos sistemas, oferecem excelente qualidade e vendem os mesmos serviços, o que muda mesmo é a forma de trabalho”, relatou o diretor.

Segundo o empresário, o Home Office proporciona ao empreendedor investir no negócio sem a estrutura de uma empresa convencional. Esse modelo em questão é dividido em dois padrões: COM e SEM Exclusividade; a diferença é que em relação ao primeiro, o franqueado será o único atuando na cidade.  Focado principalmente para quem quer atuar com baixo investimento que é a partir de R$3mil.

O quiosque é um formato compacto de fácil gestão e necessita de apenas dois funcionários. Este é destinado para locais fechados com alto fluxo de pessoas, como por exemplo, shoppings, galerias comerciais, supermercados e metros. Seu investimento inicial é de R$47mil.

Já a Loja Física, é o formato de franquia que possui maior possibilidade de ganhos financeiros já que o faturamento pode chegar a R$200 mil. Esta pode ser instalada em shoppings, supermercados, centros da cidades entre outros. Para aderir ao negócio é necessário o investimento de R$40 mil.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.