Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Jogo Desafio Sebrae analisa melhores equipes na gestão empresarial

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

No jogo Desafio Sebrae, estudantes do ensino superior de todo o Brasil disputam prêmios, como computadores e uma viagem para conhecer centros empreendedores na Itália. Ele é promovido por meio de um software e, no período de quase um ano, os juízes do Sebrae analisam quais são as melhores equipes na gestão empresarial.

"O jogo exercita bem as características empreendedoras dos participantes", explica a coordenadora estadual do Desafio Sebrae em São Paulo, Ana Luiza Santana. Os critérios para escolher os vencedores vão além do olhar empreendedor. Também são avaliados quesitos como liderança, trabalho em equipe e capacidade de tomar decisões, de forma que o jogo acaba sendo pedagógico.

"Se a equipe deixa a tomada de decisões concentrada nas mãos de uma única pessoa, nas fases presenciais, que exigem muito dos participantes, ela fracassa. O grupo vencedor é aquele que democratiza soluções, prioriza o trabalho em equipe, busca novos conhecimentos e sugere soluções novas", garante a coordenadora.

Realidade do mercado

Os critérios de seleção dos vitoriosos utilizados no jogo refletem as demandas reais do mercado de trabalho. Não é por acaso que Ana Luiza acredita que os universitários vencedores do Desafio Sebrae serão profissionais bem-sucedidos após a graduação.

Por ser tão interessante, o jogo foi adotado por uma das unidades brasileiras da multinacional italiana Magneti Marelli, do grupo Fiat. O diretor-geral da unidade de escapamentos da empresa, Caetano Zafra, viu no Desafio Sebrae uma forma de capacitar seus estagiários e funcionários que cursavam alguma graduação.

Para tanto, ele criou uma sala especial com o nome Desafio Sebrae, onde as equipes participantes são estimuladas a conversar e a trocar informações com especialistas das mais diversas áreas da empresa. Zafra permite que os funcionários inscritos dediquem uma hora por dia às tarefas do jogo.

Oportunidade

Tanto em 2006 quanto em 2007, a empresa inscreveu seis equipes. No ano passado, uma delas conquistou o quarto lugar na etapa estadual.

O gerente de Recursos Humanos da unidade, André Fernandes, conta que Zafra estimula a participação de seus colaboradores no jogo porque acredita ser esta uma forma deles terem contato com a geração de negócios. Além disso, ele visa à integração entre funcionários de áreas diferentes, que podem aprender a liderar e trabalhar em equipe.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.