Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Linha de crédito vai financiar agricultores familiares vítimas da chuva no Rio

redacao 14/02/2011
redacao 14/02/2011

Até 31 de dezembro deste ano, os agricultores familiares do Rio de Janeiro estarão dispensados do pagamento de juros nas renegociações de dívidas. A resolução do Banco Central foi publicada hoje (14) no Diário Oficial da União.

A decisão foi tomada sexta-feira passada (11), em reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN), em função das chuvas e deslizamentos que castigaram a região serrana fluminense.

De acordo com a resolução, a medida vale para os agricultores que moram nos municípios que decretaram situação de emergência ou estado de calamidade pública por conta das chuvas ocorridas entre os dias 26 de novembro de 2010 e 31 de janeiro de 2011. Eles terão que comprovar perda de renda por meio de laudo técnico individual ou coletivo.

O CMN aprovou também a criação de uma linha emergencial de crédito para financiar as famílias enquadradas no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) dos municípios afetados pelas chuvas.

Pela resolução, cada unidade de produção familiar poderá pegar até R$ 2 mil em uma única operação. O período de contratação do crédito vai até 30 de dezembro.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.