Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Livro trata de sucessão em empresas familiares e continuidade dos negócios

redacao 08/04/2014
redacao 08/04/2014

O livro “O Devir”, de Roberto Adami Tranjan, que chega às livrarias neste mês, foi escrito na forma de um romance de negócios. Ele conta a história de Joca, personagem principal da obra, que tem como desafio liderar a empresa herdada de seu pai, o doutor Xavier. Mais de um terço das grandes fortunas do Brasil está concentrado nas mãos de clãs familiares, revela a versão 2013 da lista anual de bilionários da Forbes Brasil, divulgada no final de agosto. É o caso de Joseph Safra, cujo filho Jacob supervisiona as operações bancárias da família na Europa, e outros dois filhos gerenciam o Banco Safra no Brasil. Outro exemplo de herdeiros no comando é de Antônio Ermírio de Morais, cujos filhos e netos administram atualmente o grupo Votorantin.

Herdar uma empresa bem-sucedida pode até ser fácil, o difícil é melhorar seus resultados, ou mesmo mantê-los. “O mais importante na sucessão – e o mais difícil – é transferir o desejo”, afirma o educador Roberto Tranjan. Ao contar a trajetória de Joca, o autor envolve o leitor com os princípios das correntes filosóficas da administração, enquanto o conduz por um processo de autopercepção e descoberta. “Proponho uma reflexão sobre gestão do negócio, pensando na empresa como uma comunidade”, afirma Roberto Adami Tranjan.

Para entender um pouco os desafios de Joca na sucessão da empresa Tânata, seguem algumas frases do personagem Doutor Xavier e também as do autor Roberto Tranjan no livro, quinto do escritor e o primeiro lançado exclusivamente com o selo da editora Palavra Acesa.

O Devir

Roberto Adami Tranjan

Editora Palavra Acesa

R$ 48,90

FRASES DO AUTOR

O problema de criar um mundo fictício é passar a viver nele.

Nada de novo vai acontecer sem que criemos as condições para que o novo aconteça.

Problemas são degraus que nos ajudam a subir, mas não podem ser a razão da caminhada.

FRASES DO PERSONAGEM DR. XAVIER

Não existe pesqueiro bom sem mosquito borrachudo.

Tudo o que dá dinheiro dá trabalho ou dá cadeia.

Deus não deu asas à cobra, mas ensinou o bote.

Passarinho que engorda na gaiola voa baixo.

Em tempo de guerra, urubu é perdiz.

Homem que é homem amarra o cadarço e sai andando.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.