Lucro do Pão de Açúcar cai 35% no 1o tri

redacao 13/05/2011
redacao 13/05/2011

O grupo Pão de Açúcar registrou uma queda de 34,9 por cento no lucro líquido consolidado do primeiro trimestre, em meio à incorporação das Casas Bahia, que elevou as despesas totais em 81 por cento no período.

 

A companhia, maior grupo varejista do país, teve lucro líquido de 110,8 milhões de reais no primeiro trimestre, após 170,4 milhões um ano antes.

A média de cinco previsões de analistas obtidas pela Reuters projetava ganho líquido de 133 milhões de reais, sem considerar os números da Nova Globex.

Se consideradas apenas as operações de alimentos do grupo –excluindo Nova Globex, portanto– o lucro líquido do primeiro trimestre foi de 135,6 milhões de reais.

Ainda segundo o Pão de Açúcar, excluindo efeitos não recorrentes relacionados à unidade de eletrodomésticos, o ganho nos três meses encerrados em março teria sido de 140,7 milhões de reais.

No primeiro trimestre, o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) da companhia foi de 609,4 milhões de reais, expansão de 40,5 por cento no comparativo anual. A margem no período passou de 6,2 para 5,6 por cento.

As despesas operacionais totais do grupo nos três meses encerrados em março subiram a 2,24 bilhões de reais, após 1,237 bilhão de reais no mesmo período de 2010, quando a rede de móveis e eletrodomésticos Casas Bahia não tinham sido incorporadas aos números do grupo.

Enquanto isso, a receita líquida consolidada do grupo subiu 56 por cento na comparação anual, para 10,869 bilhões de reais. Mas, excluindo as operações de Casas Bahia, as vendas líquidas foram de 7,8 bilhões de reais, expansão anual de 11,9 por cento.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.