Luiz Sérgio diz que setor pesqueiro vai “surpreender” economia, depois de anos “sem referência”

redacao 10/11/2011
redacao 10/11/2011

O ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio, disse que o setor vai “surpreender” na geração de renda, emprego e divisas para o Brasil, depois de ficar muitos anos “sem referência”.

“A pesca esteve fora da pauta do governo federal, os empresários da área resistiram a um longo período de abandono, mas agora o horizonte é muito promissor”, disse aos participantes da feira internacional Aquapescabrasil, que ocorre em Itajaí (SC).

Luiz Sérgio está, dede ontem (9), no litoral catarinense onde cumpre agenda hoje (10). O ministro lembrou que foi a criação do Ministério da Pesca, em 2009, que deu identidade ao setor.

O ministro assina hoje uma ordem de serviço para a construção do Mercado Público de Itajaí e anuncia a legalização da atividade de criação de ostras e mexilhões em Santa Catarina, que vai permitir aos produtores adquirir linha de financiamento no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele disse que com essa medida, alguns produtores já disseram que vão quadruplicar as produções.

Segundo o prefeito de Itajaí, Jandir Bellini, até amanhã (11), o município será o centro das atenções da cadeia logística da pesca e da aquicultura por sediar a segunda edição da Aquapescabrasil. A feira promove produtos, serviços, tecnologias e equipamentos, além de fomentar pautas de importância para a política e desenvolvimento da esfera pesqueira. Outro objetivo da feira é formar grandes parcerias entre as indústrias de outros países com o Brasil.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.