Especialista dá dicas sobre como fazer marketing na internet gastando pouco

Hoje, há uma infinidade de opções para quem deseja usar o marketing digital para atingir um número segmentado de pessoas e ainda sem gastar muito

Redação 14/12/2017
Empresário em uma mesa na frente do computador, fazendo um gesto vibrante com o punho fechado
Redação 14/12/2017

O marketing digital tornou possível para marcas e empresas de todos os portes e de qualquer lugar do mundo falar com seu público-alvo e vender produtos e serviços sem a necessidade de gastar enormes quantias com anúncios. Hoje é possível fazer marketing na internet gastando pouco e atingindo um número segmentado de pessoas.

Apesar disso, muitos pequenos empresários ainda creem que anunciar no universo digital é só para quem tem um nome consolidado no mercado. Felizmente, isso não é verdade.

Segundo o consultor de internet e CEO da Agência IMMA, Rodrigo Darzi, atualmente há uma infinidade de opções para quem deseja usar o marketing digital. Porém, ele lembra que todo dinheiro colocado nesta área deve ser encarado mais como um investimento do que como um gasto, pois existe uma boa possibilidade desse dinheiro gerar retorno.

“Quando falamos em marketing digital, estamos falando numa peça publicitária pensada e criada para atingir um determinado público-alvo, previamente segmentado, o que faz com que a possibilidade do usuário interagir com o anúncio e até efetuar uma compra seja maior. Dessa forma, todo o investimento feito na área tende a retornar para a empresa de forma mais simples e rápida”.

Uma boa estratégia não muito cara é o e-mail marketing. Uma das alternativas mais simples e baratas, o envio de e-mail para uma lista de contatos é uma das formas mais antigas de marketing digital e ainda se mostra bastante eficiente. Atualmente, as possibilidades de segmentação e personalização são enormes, o que torna o e-mail marketing ainda mais eficaz. Mas lembre-se: não estamos falando de SPAM.

A gestão de campanhas em mídias sociais também está em alta. Fazer publicidade nelas não requer um grande orçamento. A maioria das grandes redes, como o Facebook e o Youtube, já possuem plataformas próprias que permitem segmentação de público-alvo e facilitam o pagamento. Além disso, a possibilidade de gerar relatórios personalizados também ajuda muito na análise e melhorias de campanhas.

O Google, por exemplo, possui uma plataforma de publicidade em que é possível montar uma série de anúncios para o usuário em diferentes momentos da navegação, sem que seja preciso gastar muito dinheiro para se destacar.

“É claro que campanhas de e-mail marketing, links patrocinados e social media marketing são apenas algumas das estratégias de marketing na internet para empresas. O importante é saber que cada uma pode ser adaptada para qualquer tipo de negócio. É possível fazer marketing na internet gastando pouco, principalmente para quem conhece bem seu público e sabe o que eles estão procurando.” afirma Rodrigo.

Para aqueles que preferem profissionais de marketing, existe a possibilidade de contratar uma consultoria especializada para ajudar com isso. Este não é um serviço caro e certamente poderá ajudar qualquer empresa a lucrar mais rapidamente utilizando as estratégias certas de marketing digital.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.