Última edição Edição 263 March 2017 Assine

Mercado financeiro reduz pela quarta vez seguida estimativa para crescimento da economia

redacao 04/06/2012
redacao 04/06/2012

Analistas do mercado financeiro reduziram pela quarta vez seguida a projeção para o crescimento da economia este ano. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, passou de 2,99% para 2,72%. Para 2013, foi mantida a projeção de crescimento de 4,5%.
Na última sexta-feira (1º), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o PIB cresceu 0,2% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior, totalizando R$ 1,03 trilhão.
Com o menor ritmo de crescimento da economia, o BC tem reduzido a taxa básica de juros, a Selic, para estimular a atividade econômica. Na última quarta-feira (30), o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC anunciou o quarto corte da Selic no ano. Com isso, a taxa caiu 0,5 ponto percentual, para 8,5% ao ano.
Para o final de 2012, os analistas esperam que a Selic esteja em 8% ao ano. Ao final de 2013, a previsão é 9,38%, ante 9,5% estimados anteriormente.

A pesquisa do BC também inclui a previsão dos analistas para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que deve ficar, tanto neste ano como no próximo, acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Para este ano, a previsão caiu pela terceira semana seguida, ao passar de 5,17% para 5,15%. Em 2013, os analistas esperam inflação de 5,6%.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.