Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Mesa digital com jogos ganha destaque na maior feira de brinquedos do mundo

PlayTable fica exposta até o dia 6 de fevereiro na Feira Internacional de Brinquedos de Nuremberg, na Alemanha. Curadoria escolheu a mesa para um novo espaço, chamada de Tech2Play, que aponta tendências para o mundo todo

Redação 06/02/2017
Redação 06/02/2017

O maior evento dedicado ao mercado de brinquedos do mundo, Feira Internacional de Brinquedos de Nuremberg (Spielwarenmesse), na Alemanha, tem uma grande novidade em 2017: curadores e pesquisadores do setor buscaram inovações em todos os países do globo para brinquedos tecnológicos. Uma nova área de 400 metros quadrados, chamada de Tech2Play, exibe estes produtos. Entre eles está a PlayTable, a primeira mesa digital com jogos educativos do Brasil, que é o único produto brasileiro no espaço. O evento segue até hoje (6).

A PlayTable é um dispositivo para crianças a partir de três anos que alia tecnologia com o conceito de ludopedagogia. Os jogos instalados nela, além de entreter, desenvolvem capacidades motoras e psíquicas de quem está brincando. Além das escolas, a PlayTable também é utilizada para inclusão de crianças com algum tipo de deficiência, em clínicas e hospitais e em locais públicos para entretenimento. Atualmente, são mais de 800 instituições de ensino que usam o produto, impactando mais de 200 mil alunos.

De acordo com Marlon Souza, diretor da Playmove, que desenvolveu o produto, a feira é um grande celeiro de tendências mundiais no segmento de brinquedos e a escolha pela PlayTable para compor a área de inovação é um impulso para os planos da marca. “Já temos representantes nos Estados Unidos e na Europa e o interesse desses países pelo produto é crescente. A Spielwarenmesse é uma excelente oportunidade para abertura de mais portas para a exportação”, comenta.

Sobre a PlayTable
Criada para aliar tecnologia, educação e diversão, a PlayTable é uma mesa digital, interativa e multidisciplinar que pode ser utilizada por crianças a partir dos três anos. Os jogos são criados a partir das matrizes curriculares e desenvolvem habilidades cognitivas e de coordenação motora, além de conteúdos como alfabetização, matemática, ciências, artes, história, entre outros.

A estrutura é segura e simples, que permite que as próprias crianças façam a gestão do equipamento. Graças à tecnologia empregada no produto, ele é recomendado para utilização em programas de inclusão com crianças com dificuldades psíquicas e motoras

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.