Micro e pequenas empresas do RJ faturaram R$ 4,4 bilhões em fevereiro

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

As micro e pequenas empresas empregadoras do Estado do Rio de Janeiro faturaram cerca de R$ 4,4 bilhões, ocuparam 1,9 milhão de pessoas e injetaram R$ 1 bilhão na economia, a título de remuneração dos empregados, em fevereiro deste ano. Os resultados vieram à tona na sondagem realizada pelo Sebrae/RJ e pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

O valor mostra que o faturamento desses empreendimentos apresentou crescimento real de 8,6% no segundo mês deste ano, na comparação com o mesmo período de 2007. O setor de serviços puxou a alta, com crescimento de 9,8%, seguido pelo Comércio (8,8%) e pela Indústria (2,6%).

Na análise regional, o interior foi o que apresentou maior crescimento, com 14,3%, contra 6,9% da região metropolitana. A pesquisa não engloba estabelecimentos com zero empregado, nem empreendimentos informais.

Salários

Por sua vez, o crescimento real da massa salarial foi de 6,4%, puxado pela Indústria (9,9%). O item Serviços apareceu a seguir, com 6%, ao passo que o Comércio teve alta de 5,7%. Novamente, as empresas do interior alavancaram o crescimento, com 12,9%. O aumento na região metropolitana foi de 4,5%.

Já o salário médio (massa salarial por empregado) teve crescimento de 4,2%. No setor de Serviços, a expansão foi de 6,7%, na Indústria, de 5,8%, e no Comércio, de 1,2%. No interior, o incremento ficou em 6,3% e, na região metropolitana, em 3,8%. Já em relação ao pessoal ocupado, o aumento foi de 1,6%.

"Os números de fevereiro mostram não só que as MPEs têm apresentado crescimento constante, como também evidenciam o potencial do interior. A boa performance aponta também para o bom desempenho da economia fluminense, já que esses empreendimentos representam aproximadamente 99% dos estabelecimentos existentes no Estado e empregam 40% da força de trabalho formal", avalia o diretor-superintendente do Sebrae no Rio, Sergio Malta.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.