Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Natal: 105 mi de transações com cartões foram feitas na máquina da Redecard

redacao 27/12/2010
redacao 27/12/2010

No período anterior ao Natal, a Redecard registrou mais de 105 milhões de transações de vendas com cartões de crédito, débito e voucher feitas pelos lojistas.

O número, de acordo com a empresa, é recorde. No dia 24, a Redecard registrou o maior movimento de transações com cartões feitas na máquina da empresa.

No dia, entre 12h e 13h, a companhia alcançou o movimento mais alto, de 1,6 milhão de transações. Consultada, a Cielo informou que, por motivos estratégicos, não fornece números de transações feitas na máquina da empresa.

Cartões
Os cartões de crédito e débito predominaram entre as modalidades de pagamentos usadas pelos consumidores durante o Natal, de acordo com balanço da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping). Do total das comercializações, 65% foram feitas por meio da moeda de plástico.

Quanto às demais opções, 15% das compras foram realizadas com cartão próprio das lojas, 10% com cheques e outros 10% em dinheiro. De maneira geral, a associação constatou um crescimento de 13% nas vendas neste Natal, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Moeda de plástico
De acordo com o último levantamento realizado pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), somente em dezembro entraram no mercado mais de 5,1 milhões de novos cartões, na comparação com novembro.

O número de cartões em circulação no Brasil atingiu a marca de 628,015 milhões neste ano, um aumento de 11,1% na comparação com 2009, quando o País atingiu a marca de 565,228 milhões de cartões.

Do total de plásticos em circulação no País, o cartão de débito é o que possui o maior número: 249,293 milhões. Em seguida, aparecem os cartões de rede e loja e de crédito, com 225,347 milhões e 153,375 milhões, respectivamente.

No que diz respeito ao número de transações, elas totalizaram mais de 7,07 bilhões neste ano. Em valores, essas transações movimentaram R$ 538,273 bilhões – um aumento de 21,17% na comparação com 2009, quando o faturamento ficou em R$ 444,212 bilhões.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.