Quatro dicas para organizar as finanças da sua empresa em 2018

Para iniciar o ano com as contas em dia, fazer a gestão eficiente das finanças é essencial e, com esse propósito, algumas soluções podem ajudar

Redação 12/12/2017
Papéis espalhados pela mesa com gráficos e um celular com aplicativos, representando a organização das finanças
Redação 12/12/2017

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no dia 1º de dezembro, a economia brasileira voltou a crescer após oito trimestres seguidos de queda. Nos três primeiros meses de 2017, o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 1,0% em relação ao 4º trimestre do ano passado. Com a retomada do crescimento econômico do país, a confiança entre os empresários também ganhou novo fôlego e 2018 promete ser muito promissor para organizar as finanças e alavancar os negócios.

Para iniciar o ano com as contas em dia, fazer a gestão eficiente das finanças da sua empresa é essencial. Por isso, listamos abaixo algumas soluções que podem te ajudar a organizar de vez o setor financeiro do seu negócio para o próximo período.

Faça um empréstimo: Solicitar crédito pode ser uma boa solução para encarar as dificuldades financeiras, já que permite que a empresa tenha um período de mais tranquilidade para alavancar os negócios. Expandir a capacidade de atendimento, aumentar o capital de giro, incrementar o fluxo de clientes com publicidade, promoção e propaganda, lançar novos produtos que atendam a demandas reprimidas, conquistar públicos que são complementares aos atuais oferecendo algum diferencial, são exemplos de melhorias que podem ser feitas com um crédito extra.

Com o objetivo de desburocratizar e tornar mais eficiente o processo de concessão de crédito para o micro e pequeno empreendedor, a BizCapital consegue aprovar um pedido de empréstimo em até 48 horas por meio de uma máquina de avaliação que integra mais de mil fontes de variáveis possíveis e disponíveis online em segundos. Uma vez aprovado o crédito, todo o processo segue de forma digital, online ou por telefone, para atender aos requisitos do Banco Central e da legislação bancária, sem custos cartoriais, papéis ou muitos outros entraves encontrados em processos tradicionais.

Economize recursos: As operações de pagamento sempre se mostraram uma grande dor para as empresas, principalmente, para as de menor porte. Não somente por conta dos custos, mas também da burocracia e morosidade do processo, quando feito de forma manual. Felizmente, a transformação digital dos negócios chegou e a automação de processos – independente do setor – já é uma realidade.

Soluções whitelabel que realizam operações como cobranças com cartão de crédito e boleto bancário de forma recorrente despontam no mercado como alternativa na redução de custos. Um bom exemplo é a iugu, startup de automação financeira, que desenvolveu uma infraestrutura para atender às demandas de negócios inseridos no modelo de pagamento recorrente, tal como SaaS, e-commerce, aplicativos móvel ou marketplace.

Para isso, a startup possibilita que cada negócio personalize sua experiência de pagamento através do checkout transparente, gestão de cobrança para assinaturas de serviços, transferência e comissionamentos entre contas para marketplaces e oferece relatórios com métricas que ajudam a calcular o Lifetime Value do cliente que utiliza o serviço. Apostar em ferramentas que automatizam um série de processos e operações é uma das melhores formas de reduzir custos em uma empresa.

Cuidado com a gestão fiscal: A gestão tributária é, sem sombra de dúvidas, um dos pilares para o bom funcionamento de uma empresa. Afinal, se uma única nota se perder em meio a milhões de arquivos, a empresa pode ser penalizada com multas altíssimas. Além disso, a questão tributária é um fator que impacta diretamente no orçamento. Portanto, é recomendado estar sempre em dia com o fisco para evitar maiores problemas.

E é aqui que automatização de processos entra em cena de novo. Já é possível encontrar softwares que auxiliam na gestão fiscal (emissão de notas fiscais, armazenamento, relatórios e compartilhamentos) de um negócio. Um exemplo disso, é a Vianuvem, plataforma que aplica expertise no gerenciamento eletrônico de documentos (GED) e processos de negócios (BPM) para simplificar a comunicação nas empresas com soluções customizáveis para diversos setores, como automobilísticos, bancários, recursos humanos e varejo.

Evite fraudes com o auxílio de dados: Vivemos na era da informação. E o que isso significa? Que os nossos dados estão expostos para um número inimaginável de pessoas. Diante da necessidade do mercado de atuar com produtos digitais e captar cada vez mais clientes de forma online, muitas empresas ainda fazem suas verificações de forma manual. É comum que companhias tenham prejuízo por conta de clientes que não pagam suas contas em dia – algo que pode ser evitado com uma avaliação prévia do histórico do comprador.

Um levantamento feito pela CyberSource, empresa especializada em cartões de crédito, muitos fraudadores utilizam informações roubadas de cartões de crédito e, com grande quantidade de dados pessoais, efetuam compras fazendo-se passar pelos verdadeiros clientes sem levantar suspeitas.

Nesse contexto, entra a contratação e atuação de sistemas inteligentes, que minuciosamente e em poucos minutos, realizam toda a análise de dados, como é o caso do upMiner, sistema online da upLexis. Para se ter uma ideia, a plataforma tem acesso a mais de 600 fontes de informações públicas e privadas, entre pessoas físicas e jurídicas. Com estas ferramentas inteligentes é possível gerar relatórios compilados com dados necessários para evitar perdas e tomar a melhor decisão para o seu negócio.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.