Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Pagamento adiantado do 13º salário influencia consumo e impulsiona o setor de recuperação de crédito corporativo

redacao 11/09/2012
redacao 11/09/2012

O início do pagamento, pelo Governo, do 13º salário dos aposentados e pensionistas, irá gerar, consequentemente, um aumento de consumo no varejo. “A partir de agora, o mercado de recuperação de crédito corporativo fica ainda mais aquecido, com uma expansão de 10% nos negócios, uma vez que distribuidores varejistas precisam saldar suas dívidas com fabricantes para abastecer o estoque dos lojistas que, além de estarem atentos a este salário extra, precisam se preparar para as vendas de Natal desde já”, analisa Roberto Grejo Jr., diretor da ABE – Assessoria Brasileira de Empresas, especializada em recuperação de crédito empresarial.

Segundo o executivo, as companhias estão focadas na solução de questões financeiras também em função das parcelas do salário adicional que virão dos trabalhadores com registro em carteira. “Mesmo a primeira parcela sendo paga em novembro, as empresas precisam se antecipar e ganhar fôlego para negociar suas dívidas da melhor forma possível”, diz Grejo Jr.

Esta perspectiva de alta movimentação do setor, nos meses de agosto, setembro e outubro, completa o ciclo de pagamento das dívidas das pessoas físicas, que irão saldá-las principalmente em novembro e dezembro. Contudo, irão gerar um novo volume de endividamento para o início do próximo ano. “Sem recursos financeiros para quitar as parcelas feitas no final do ano anterior, o consumidor se tornará inadimplente, o que impactará negativamente no fluxo de caixa das empresas”, comenta o especialista.

Dessa forma, a entrada do 13º salário na cadeia econômica é muito positiva para o país. Todos ganham com essa receita, mas é preciso controlar a liberação de crédito no mercado. Os varejistas precisam ter cautela e consciência de que somente vender não basta, é preciso receber. Os riscos da falta de pagamento são muito altos.

A ABE atende fabricantes de diversos setores com um formato de trabalho que propicia um índice de sucesso na recuperação de crédito para seus clientes no patamar de 85%, considerado elevado no segmento. É a única empresa do país que possui profissionais especializados em negociações pessoais.

Para dinamizar as etapas de atendimento, a ABE desenvolveu uma  tecnologia própria: o ABE On line. Este sistema permite aos clientes enviar dados, receber relatórios de créditos, posição dos processos de cobrança, entre outras funcionalidades, 24 horas por dia. O que proporciona uma gestão completa da carteira de inadimplentes com rapidez e segurança.

Sobre a ABE:

Empresa 100% nacional com foco no segmento de recuperação de crédito corporativo, a ABE conta com mais de 1.200 clientes ativos e atende companhias de diversos segmentos, como metalurgia, química, farmacêutica, alimentos e bebidas, entre outros. Atuante em todo o país, a matriz da ABE está localizada em São Paulo e possui oito filiais nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Joinville, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e Vitória.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.