Palestra mostra que reciclagem de cartões pode virar negócio

Carla Kempinski 27/09/2013
Carla Kempinski 27/09/2013

Ideia inovadora da empresa paulista RS de Paula será apresentada na Feira do Empreendedor de Alagoas

Já se foi o tempo em que o destino de cartões de crédito ou débito que perderam a validade ou se tornaram inutilizáveis era o lixo. Agora, no mundo onde a sustentabilidade está cada vez mais presente no nosso dia a dia, esses cartões podem ser 100% recicláveis e se tornar materiais de sinalização, brindes e novos produtos promocionais. É o que os visitantes da Feira do Empreendedor 2013 poderão conferir na palestra de Renato de Paula, diretor da empresa R.S. de Paula, de São Paulo, que há 16 anos trabalha na produção de cartões de PVC.

Renato criou em sua empresa o Programa RC, reciclagem de cartões, e começou a reutilizar o material triturado para criar blocos de notas, réguas, porta-copos, porta-guardanapos, placas de sinalização e outros produtos. No dia 10 de outubro, na Feira do Empreendedor de Alagoas, ele vai falar sobre a inovação e criatividade como oportunidade de negócio com reciclagem de cartões de crédito.

Segundo Renato, em sua empresa, são reciclados aproximadamente três mil kg de PVC por mês, sendo 200 kg de material pós-consumo. Para o empresário, todas as empresas devem criar ou procurar ações sustentáveis a fim de associar suas marcas às boas práticas e contribuir para um futuro melhor no planeta. “Gradativamente, nossos clientes estão aderindo ao Programa RC. Atualmente, o miolo de todos os cartões produzidos na R. S. de Paula já é feito com PVC reciclado, e cerca de 30% dos cartões produzidos são 100% reciclados”, destacou.

De acordo com Fernando Tenório, coordenador da Cadeia Produtiva de Química e Plástico peloSebrae em Alagoas, a proposta da palestra é mostrar que o problema para o meio ambiente não é o plástico em si, mas o não reaproveitamento do produto. “O PVC, por exemplo, é um material que pode durar até 500 anos. Existem milhares de cartões de PVC espalhados pelo mundo e, diariamente, outros milhares também são descartados. Sem reutilizá-los, eles serão apenas lixo acumulado, o que prejudica o meio ambiente e o nosso futuro. Se utilizarmos, ele será um novo produto útil e não mais lixo. É, sem dúvida, um caso que envolve inovação e sustentabilidade, temas abordados nessa edição da Feira do Empreendedor de Alagoas”, explica Fernando.

Em São Paulo, estações de metrô já receberam máquinas trituradoras. Basta colocar o cartão, girar a manivela e o cartão é picotado. Daí, o material é levado de volta à indústria, passa por um novo processo de fabricação e volta a ser uma placa de PVC, dessa vez colorida, dando mais beleza aos novos produtos.

“Nosso principal objetivo é acabar com o ‘corta e joga no lixo’. Queremos que todos tenham a consciência de que é possível reciclar o PVC, material presente nos cartões e que pode ser reciclado diversas vezes. Queremos ser uma ferramenta de Educação Ambiental que promove a Logística Reversa de Cartões Pós Consumo, a fim de que possamos criar novos produtos reciclados que retornam ao mercado com valor agregado”, revela Renato, também idealizador do programa.

A Feira

A Feira do Empreendedor de Alagoas será realizada de 9 a 12 de outubro, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió. Já a palestra Inovação e criatividade como oportunidade de negócio com reciclagem de cartões de crédito será no dia 10 de outubro, a partir das 15h. Mais informações pelo número (82) 4009-1742 ou no site www.al.sebrae.com.br.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.