Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Pequenos negócios geram empregos pelo segundo mês seguido

Saldo positivo na criação de vagas de trabalho entre as micro e pequenas empresas supera 6 mil novos postos

Redação 04/11/2016
carteira_de_trabalho
Redação 04/11/2016

As micro e pequenas empresas voltaram a ter saldo positivo de empregos. Pelo segundo mês consecutivo, elas contrataram mais do que demitiram. Em setembro, o número de novas vagas de trabalho foi de 1.989. O resultado das micro e pequenas empresas foi positivo, enquanto as médias e grandes empresas encerraram quase 41 mil vagas no mês passado.

Em agosto e setembro foram criados 6,6 mil novos postos de trabalho pelos pequenos negócios. Para o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, o resultado é mais uma prova de que a recuperação do mercado de trabalho passa pelo segmento. “Há uma perspectiva de evolução na geração de empregos e essa melhoria começa pelas micro e pequenas empresas. A sanção do projeto Crescer Sem Medo e a ampliação do prazo de parcelamento dos débitos tributários vão dar mais fôlego para os empresários. Também vai permitir que parte do orçamento destinado para pagar débitos seja usado na ampliação das vagas de emprego e na implementação de inovações”, disse.

A geração de empregos pelos pequenos negócios foi puxada pelas empresas do setor de Serviços (novas 11.827 vagas), seguida pelas empresas do Comércio (novas oito mil). No acumulado do ano, a geração de empregos nas micro e pequenas empresas continua a apresentar um saldo negativo com a extinção líquida de 40.195 postos de trabalho de janeiro a setembro. No entanto, as médias e grandes empresas encerraram 661 mil vagas, número 16 vezes superior ao dos pequenos negócios.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.