Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Pequenos negócios inovam com produtos e serviços para férias

Carla Kempinski 25/07/2013
Carla Kempinski 25/07/2013

O período das férias escolares tem levado os pequenos negócios a apostar na inovação como estratégia para atrair uma nova clientela e, consequentemente, aumentar o faturamento. De canis que programam atividades físicas para os animais a colônia de férias temáticas, é grande o número de empresas que tem procurado o Sebrae em busca de conhecimento e formação gerencial para a gestão desses negócios inovadores.

Inovação é a estratégia que orienta a empreendedora Anna Paula Ramalho, de Brasília. Há três anos, ela abriu a Fashion Teen, uma escola de moda voltada para adolescentes. Mais do que cursos regulares, o negócio oferece, no mês de julho, uma colônia de férias em meio a agulhas, retalhos, máquinas, flashes e moda.

“Estamos em nossa quinta edição, todas com êxito de público” comemora a empresária. A programação de uma semana, no período da tarde ou da manhã, inclui oficina de imagem, de organização do guarda-roupa, customização de roupas e acessórios, dentre outras atividades. Anna Paula também procura incentivar o talento empreendedor entre as meninas.

A boa ideia de Anna foi alavancada pelas capacitações do Sebrae. Hoje, o negócio conta com três funcionários fixos, além de professores contratados por módulos, que atendem a cem alunos. Em 2012, o ineditismo garantiu a ela um lugar entre as finalistas do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, evento da instituição que seleciona empresárias cuja trajetória é inovadora e de sucesso. A empreendedora também oferece cursos para adultos e a contratação do serviço para festas de aniversário.

Tem um cachorro e não sabe o que fazer com ele no período em que vai viajar? Os moradores de Brasília podem deixá-lo em um hotel que oferece não somente a hospedagem, como várias atividades. No Canil Social Dogs, os cães se divertem cavando buracos à vontade, mas a hora dos exercícios é coisa séria. “Nosso canil oferece natação, esteira e caminhada, agility (saltos e pulos) e adestramento”, informa Pablo Webar, dono do empreendimento.

Pablo conta que a o Sebrae foi fundamental para a consolidação da empresa. “Já participei de vários cursos, como de cálculo de custos e de vendas e também da Feira do Empreendedor. Agora, vou investir em marketing na internet e no Empretec”, diz o empresário.

Apoio

Os empreendedores encontram no Sebrae diferentes formas de apoio para desenvolvimento de seus projetos de inovação. Por meio do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), o empreendedor receberá a visita de um profissional para elaboração de um diagnóstico completo do estágio da inovação em que a empresa se encontra e das oportunidades de melhoria a serem exploradas para ampliar a competitividade. A empresa será acompanhada por até dois anos.

Já os empresários que necessitam de uma consultoria tecnológica poderão desenvolver seus projetos dentro do programa Sebraetec, que ajuda os empreendimentos e gerar economia, agregar valor à marca por meio da responsabilidade ambiental e ganhar diferencial competitivo. A consultoria prevê subsídio de até 90% do investimento da empresa e acompanhamento para assegurar melhores resultados.

Outra oportunidade para empresas que buscam inovar é a solução Gestão da Inovação – Inovar para competir. Por meio dela, o Sebrae apresenta os conceitos e exemplos dos mais diferentes tipos de inovação, destacando-se as possibilidades que existem para a pequena empresa também inovar constantemente. O programa é voltado para as empresas com mais de dois anos de vida, acima de nove funcionários.

Gastronomia amazônica

O apoio oferecido pelo Sebrae tem sido a base para o desenvolvimento da empresa criada pela empreendedora Solange Campos. Há três meses, sua empresa, a Tour do Conhecimento, realiza passeios às ilhas de Combu e Maracujá, sempre aos finais de semana. O barco alugado tem capacidade para 20 pessoas interessadas em desbravar as localidades próximas a Belém.

Um dos principais focos da empresa é promover o contato dos turistas com os costumes locais. Essa visão de oportunidade transformou a economia dos habitantes dessas localidades, tendo em vista que os roteiros oferecem degustação da gastronomia amazônica e shows de danças típicas. “Faço um roteiro de restaurantes e também de pontos culturais que estão fora do circuito mais conhecidos dos turistas”, diz a empreendedora.

Assim que decidiu formalizar seu negócio, Solange Campos encontrou no Sebrae todo apoio para desenvolver sua atividade. Dentro do segmento de turismo, as agências de viagem e passeios contam com programas específicos no Sebrae. A instituição oferece apoio na gestão empresarial por meio de cursos, seminários, consultorias e outras iniciativas, que levam em consideração as necessidades de cada empreendimento. Para ter esse apoio, basta procurar os pontos de atendimento espalhados pelo país. Também se pode obter informações gratuitamente pelo telefone 0800 570 0800 ou no Portal Sebrae.

Informações Agência Sebrae

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.