Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Pesquisa da CNI mostra que importações aumentaram no terceiro trimestre

redacao 18/11/2013
redacao 18/11/2013

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou hoje (14), os coeficientes de Abertura Comercial do terceiro trimestre de 2013. O estudo mostra que a participação das importações no consumo continua crescendo. O coeficiente de entrada de produtos importados foi 21,8% o que representa um crescimento de 0,7 ponto percentual em relação ao segundo trimestre deste ano.

De acordo com a CNI a participação dos insumos importados na produção aumentou 0,6 ponto percentual no terceiro trimestre, ou seja, 20,3%. No caso da Indústria Extrativa o coeficiente, em comparação com o trimestre anterior, aumentou 1,5 ponto percentual o que representa 53,4%.

A confederação informou que os setores da Indústria e o de Transformação mostraram um maior crescimento, tais como: farmoquímicos e farmacêuticos, 2,3 ponto percentual; derivados do petróleo, 1,3 ponto percentual; máquinas e materiais elétricos com 1,1 ponto percentual; informática, eletrônicos e ópticos tiveram um aumento nas importações de 1 ponto percentual.

Nas exportações, a participação das vendas no faturamento da indústria, ficou em 19,2% no terceiro trimestre, mantendo-se estável se comparado ao trimestre anterior. De acordo com o estudo o coeficiente reflete o fraco desempenho externo dos produtos industrializados nacionais. Na indústria extrativa, o coeficiente de exportação foi 67,3% e na indústria de transformação 15,7%.

Nesse caso das indústrias de transformação, os setores que se destacaram positivamente foram os de fumo, com 2,6 ponto percentual; a celulose e o papel com 1,1 ponto percentual; farmoquímicos, farmacêuticos e de veículos automotores com 0,8 ponto percentual. Os setores que tiveram variação negativa são o têxtil, com -2,2 pontos percentuais e o de metalurgia com -1,3 ponto percentual.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.