Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Petroleiros prometem paralisação de 48 horas a partir de quinta-feira

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

A FUP (Federação Única dos Petroleiros) comunicou na última terça-feira (15) que realizará uma paralisação nacional de 48 horas a partir da próxima quinta-feira em "solidariedade à greve dos trabalhadores da Bacia de Campos".

Os dirigentes do órgão orientam para que os petroleiros façam cortes de rendição nos turnos, operações padrões com cumprimento de todos os procedimentos de segurança e não emitam Permissões de Trabalho durante o período do motim.

As medidas, conforme afirma José Genivaldo da Silva, diretor da FUP, não tem como intuito parar a produção, mas sim fazer um alerta à estatal, que se nega a aumentar a participação nos lucros da empresa.

Segundo a FUP, a paralisação nacional será uma resposta "veemente" contra a arbitragem da Petrobras (PETR4) ante os trabalhadores em greve na Bacia de Campos, que lutam para que sejam inclusos na contagem dos dias de trabalho o translado das plataformas para a costa.

Nova greve em questão

De acordo com Silva, a categoria deverá se reunir na próxima semana para decidir se haverá uma nova paralisação. Desta vez, a expectativa é de que a greve dure cerca de cinco dias e haja parada na produção.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.