Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Pico de compras online expõe problemas com infraestrutura em portais

redacao 23/12/2013
redacao 23/12/2013

Investimento em tecnologias e avaliação dos acessos auxilia na confiança do comércio eletrônico e garante experiência positiva ao consumidor

Trânsito, lojas lotadas e possibilidade de não encontrar o que procura, faz com que cada vez mais usuários migrem para o comércio eletrônico. De acordo com o portal E-bit, as vendas no comércio eletrônico brasileiro devem atingir R$ 28 bilhões este ano, crescimento de cerca de 24% sobre os R$ 22,5 bilhões faturados em 2012.

Entretanto, com o alto número de acessos nem sempre as empresas conseguem manter a acessibilidade de seus portais. Sites indisponíveis, sistemas instáveis e clientes insatisfeitos com as transações são os principais problemas que geram, inclusive, uma má percepção e presença da marca diante do mercado.

De acordo com o Diretor de Infraestrutura e Convergência Digital da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia de Informação e Comunicação), Nelson Wortsman, entre os maiores entraves para a evolução do e-commerce no Brasil, está a estrutura de tecnologia usada por diversos portais, que em face aos grandes volumes ocasionais, como uma Black Friday, não suportam a demanda de acessos e acabam ficando fora do ar. “Isso acarreta outro problema do e-commerce, o número excessivo de reclamações”, explica.

A Black Friday foi um exemplo de trânsito na rede e reflete um possível problema das compras de final de ano, quando são registrados os picos de acessos em portais de comércio eletrônico. Segundo estudo realizado pela Compuware – empresa que fornece tecnologia para Gestão de Desempenho das Aplicações –, houve um aumento de 32% no tempo médio de carregamento das Home Pages, em relação ao ano passado. Os dados explicam que os problemas de lentidão foram amenizados por alguns varejistas com filas de espera online.

Wortsman afirma que as empresas devem se preocupar em garantir conexões de alta qualidade e rápido desempenho das transações. “Há muitos fornecedores de soluções de TI que oferecem esses serviços”, conclui. O diretor explica que os desafios são os de garantir acesso rápido e alta disponibilidade, pois isso permite que as empresas garantam experiência de consumo satisfatória e presença de marca.

Segurança na rede

O mundo virtual exige cuidados. Pensando nisso, a PayPal preparou algumas dicas de como realizar compras online com segurança:

ü  Adote senhas seguras – utilize sempre uma senha forte, com uma combinação de letras maiúsculas, minúsculas e números;

ü  Atenção aos links em e-mails – tenha cuidado ao clicar em links inseridos em e-mails, mesmo que a mensagem pareça ter sido enviada por seu banco, Receita Federal ou fornecedor, por exemplo.

ü  Compre com segurança – Busque lojas que permitam meios de pagamentos seguros, evitando o compartilhamento de dados financeiros. Sempre verifique a reputação do site no qual se deseja realizar a compra.

ü  Proteja seu computador – mantenha seu sistema operacional e seu navegador sempre atualizados e tenha certeza de habilitar os recursos de atualização automática.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.