Última edição Edição 262 January 2017 Assine

População com mais de 65 anos cresce no Brasil, mostra IBGE

redacao 29/04/2011
redacao 29/04/2011

A fatia da população com idade até 25 anos encolhe no país, enquanto os demais grupos etários aumentaram suas participações, de acordo com os dados do Censo 2010 divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 

O grupo de crianças de 0 a 4 anos do sexo masculino, por exemplo, representava 5,7% da população total em 1991, enquanto o feminino representava 5,5%. Em 2000, esses percentuais caíram para 4,9% e 4,7%, respectivamente. E chegaram a 3,7% e 3,6%, respectivamente, em 2010.

Ao mesmo tempo, o alargamento do topo da pirâmide etária pode ser observado pelo crescimento da participação relativa da população com 65 anos ou mais, que era de 4,8% em 1991, passou para 5,9% em 2000 e chegou a 7,4% em 2010.

Mas o instituto observa que a região Norte, apesar do contínuo envelhecimento observado nas últimas duas décadas, ainda tem uma população bastante jovem, devido aos altos níveis de fecundidade do passado.

Em 1980, a taxa de fecundidade no Norte ainda estava acima de 6 filhos por mulher.

Nesta região, a população de crianças menores de 5 anos, que era de 14,3% em 1991, caiu para 12,7% em 2000 e 9,8% em 2010. Já a proporção de idosos de 65 anos ou mais passou de 3% em 1991 para 3,6% em 2000 e 4,6% em 2010.

A região Nordeste também tem características de uma população jovem. As crianças menores de 5 anos correspondiam a 12,8% da população em 1991. Em 2000, a proporção caiu para 10,6% e chegou a 8% em 2010. Já a parcela de idosos passou de 5,1% em 1991 para 5,8% em 2000 e 7,2% em 2010.

Sudeste e Sul permanecem como as duas regiões mais envelhecidas do país. Ambas fecharam 2010 com 8,1% da população formada por idosos com 65 anos ou mais, enquanto a parcela de crianças menores de 5 anos ficou em 6,5% no Sudeste e 6,4% no Sul.

No Centro-Oeste, as crianças menores de 5 anos, que representavam 11,5% da população em 1991 e 9,8% em 2000, passaram a 7,6% em 2010. A população de idosos passou de 3,3% em 1991 para 4,3% em 2000 e 5,8% em 2010.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.