Preços em sites de e-commerce registram deflação pelo terceiro mês consecutivo, revela pesquisa

redacao 22/06/2011
redacao 22/06/2011

Em junho, o índice e-Flation registrou deflação de 1,5% nos preços apresentados nos sites de e-commerce. Esse desempenho aponta queda de 0,7 p.p. em comparação com o mês de maio, em que o índice era de – 0,8%. O indicador, desenvolvido pelo Programa de Administração do Varejo (Provar), da Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a Felisoni Consultores Associados, tem como proposta monitorar as variações dos preços de produtos ofertados on-line, acompanhando as tendências no mercado de consumo pela internet.

As categorias que registraram deflação no mês foram: Telefonia e celulares (3,0%), CDs e DVDs (2,9%), Informática (2,5%), Eletroeletrônicos (2,2%), Cine e fotos (2,1%), Eletroportáteis (1,1%), Livros (0,7%), Brinquedos (0,5%) e Medicamentos (2,3%).

Duas categorias apresentaram inflação: Linha Branca (0,4%), e Perfumes e cosméticos (1,2%). “A leve redução do consumo e a concorrência acirrada existente em sites de e-commerce, por conta da facilidade de pesquisa, são os fatores responsáveis por essa contínua deflação”, comenta Cláudio Felisoni de Angelo, coordenador-geral do Provar.

O e-Flation é avaliado a partir da segunda quinzena do mês anterior à primeira do mês em referência. Os itens que compõem a cesta de cada uma das categorias são aqueles que, sendo os mais anunciados entre os sites mais procurados, resultam no que se chama de "campeões de vendas".

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.