Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Quarto trimestre inicia em recessão, diz Serasa Experian

Indústria foi o setor que mais se retraiu em outubro

Redação 20/12/2016
Redação 20/12/2016

Segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal), houve queda de 0,4% no movimento dos negócios em outubro/16, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Na comparação com outubro do ano passado, o recuo na atividade produtiva do país foi de 3,2%. No acumulado do ano até outubro/16, a retração da economia atingiu 3,9%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, este resultado mostra que o quarto trimestre deste ano abriu em recessão, o que praticamente transfere para o ano que vem qualquer esboço de reação do país em termos de reativação do crescimento econômico.

Pelo lado da oferta agregada, a agropecuária recuou 1,0% em outubro/16. Na indústria a queda foi de 1,4% e o setor de serviços ficou praticamente estável em outubro/16 na comparação mensal (alta de 0,1% frente setembro/16). No acumulado do ano até outubro/16 a agropecuária caiu 7,0%, a indústria 4,3% e o setor de serviços 2,7%, sempre em comparação ao período de janeiro a outubro do ano passado.

Do ponto de vista da demanda agregada, todos os componentes da demanda doméstica, exceto as importações, exibiram variações negativas neste primeiro mês do quarto trimestre de 2016: consumo das famílias (-0,7%); consumo do governo (-0,2%); investimentos (-1,8%); exportações (-10,0%). As importações registraram alta de 0,3%. No acumulado do ano até outubro, as variações de cada um dos componentes da demanda agregada foram: consumo das famílias (-4,7%); consumo do governo (-0,7%); investimentos (-11,7%); exportações (+3,1%); importações (-12,7%).

A série histórica deste indicador está disponível em:

http://www.serasaexperian.com.br/release/indicadores/atividade_ecomonica.htm

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.