Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Quase a totalidade dos executivos acredita que apagão de talentos irá piorar

redacao 21/03/2012
redacao 21/03/2012

 Quase a totalidade dos executivos brasileiros (99%) acredita que a situação de apagão de talentos irá piorar, segundo revelam dados apurados pela Amcham (Câmara Americana do Comércio).

De acordo com o levantamento, que ouviu executivos, gestores e diretores de RH (Recursos Humanos) de pequenas, médias e grandes empresas, 80% delas já sofrem com a disputa intensa de talentos, tendo dificuldades na busca e na retenção de profissionais qualificados.

Segundo os executivos, os setores que mais fortemente são impactados pelo leilão de profissionais qualificados são o de construção civil (68%), tecnologia da informação & comunicação (50%), serviços (45%), energia (27%), comércio e varejo (22%).

Retenção
Com o objetivo de tentar reter os profissionais considerados talentos, as empresas têm investido nos chamados benefícios intangíveis.

Assim, de modo geral, 69% delas focam suas ações em capacitação, plano de carreira e gestão do clima organizacional, sendo que a capacitação e o treinamento de colaboradores são o investimento de 70% das companhias. A gestão do clima aparece em 59% das empresas, o desenvolvimento de plano de carreira, em 42%, e a adoção de flexibilização de condições como horário e home office, em 39%.

Em contrapartida, apenas 30% das empresas investem na concessão de atrativos financeiros, passando por salário, bônus, pacote de benefícios e recompensas.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.