Rede social permite tradução on line para quase 40 idiomas

redacao 08/02/2012
redacao 08/02/2012

 Imagine uma pessoa se comunicar em português pela internet, em um chat, e ter seu texto traduzido em tempo real para um interlocutor chinês. Isso é possível graças ao ibabel, ferramenta desenvolvida por Sandro Rosa, de São Paulo. Ele é um dos criadores de startups – ideias inovadoras com potencial de mercado – que mostram seu trabalho na Campus Party, evento dedicado ao mundo digital. A programação segue até domingo (12), no Anhembi, em São Paulo.

Autodidata, Sandro se especializou em desenvolver jogos e aplicativos. “Aprendi interagindo e me divertindo”, conta. Em 2006, o conceito do ibabel começou a surgir a partir de uma proposta de trabalho nos Estados Unidos. “Usei alguns tradutores que existiam para me comunicar, copiando e colando, mas às vezes me confundia. Imaginei se não haveria uma maneira mais prática de conversar com um estrangeiro”, lembra.

O empreendedor juntou-se a um grupo de amigos e resolveu transformar o sonho em realidade. O ibabel começou a funcionar em novembro de 2011 e permite a comunicação em quase 40 idiomas, como árabe, chinês e hebraico.

Sandro percebeu na ferramenta a possibilidade de tornar-lá uma rede social. “Vi que as pessoas queriam mais do que escrever. Desejavam compartilhar experiências, falar de suas vidas e dividir interesses em comum”, relata. Hoje, a rede reúne aproximadamente dez mil membros. O próximo passo de Sandro Rosa é disponibilizar até fevereiro sua criação nas grandes redes sociais. Com isso, alguém que segue uma personalidade estrangeira poderá ter a chamada linha do tempo (conjunto de informações) traduzida.

Numa terceira etapa, até abril, Sandro espera que a startup possa ser incorporada a veículos de comunicação, como sites de notícia. “Por meio do ibabel, um jornal americano poderá oferecer seu conteúdo traduzido para leitores do mundo inteiro”, exemplifica. Ele adianta que será aberta a possibilidade de que outros inventores desenvolvam aplicativos para o seu produto.

Sandro Rosa apresentou o ibabel na tarde de terça-feira (7) no palco principal da Campus Party, em um concurso da Telefônica/Vivo para premiar startups.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.