Redes de franquia treinam com teatro e banho

redacao 30/01/2012
redacao 30/01/2012

 "O que tem nesse sanduíche? E nesse?" O cliente pergunta um pouco de tudo sobre o menu. O vendedor não se contém: "Eu já te falei".

A cena, que faz parte da peça "Amor de Bandeja", realizada conforme a demanda por uma empresa em São Paulo, retrata o dia a dia de uma unidade de rede de fast food. Embora o cotidiano não seja tão caricato como o mostrado pelos atores no palco, franqueadoras têm levado franqueados e suas equipes para aprender no teatro.

"É uma lição e um presente", afirma Carla Mathias, gerente de marketing da Vivenda do Camarão, que premiou representantes de unidades com uma apresentação.

Não há apenas atos da relação entre consumidor e atendente. A peça traz ainda grosserias de chefes direcionadas a funcionários.

"Cenas escancaradas chamam a atenção da plateia e fazem com que ela não cometa os mesmos erros no trabalho", afirma Felipe Zacharias, 29, dono da agência FZ3, que desenvolveu o espetáculo.

Treinamentos mais lúdicos e menos sisudos do que os tradicionais workshops têm sido recurso de redes de franquia para capacitar equipes.

Vale até banho de ofurô, como o que é feito pela Casa das Banheiras. Franqueados e funcionários têm um dia de sunga ou maiô, com direito a sauna, para aprofundar conhecimento sobre os produtos comercializados.

Sem experiência em vendas de artigos para banho, Marcelo Costa, 33, dono de uma unidade da franquia em Jundiaí (a 58 km da capital), participou do treinamento com três funcionários.

"Como os produtos são caros, temos que fazer com que o cliente sinta-se acolhido", diz ele, acrescentando que a vivência conferiu mais poder de persuasão aos vendedores.

NO EXTERIOR

Na Cacau Show, o ganho foi em relação à amplitude do negócio, destaca o diretor comercial, Tulio de Freitas.

A empresa subsidiou em 50% a viagem de 40 franqueados, escolhidos por desempenho, para a Bélgica e a Holanda. Ficaram na Europa nove dias para conhecer a história do chocolate.

"A experiência veio para dar mais visão de negócio aos lojistas e fazer com que eles tenham base para desenvolver projetos diferentes para a expansão da loja", destaca o diretor comercial.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.