Sistema de crédito cooperativo bate recordes no mercado financeiro brasileiro

Em um período de forte recessão econômica, Sicoob figura entre os 50 maiores grupos empresariais do país

Acari Amorim 23/05/2017
Acari Amorim 23/05/2017

Nos últimos anos, o Sistema Cooperativo Brasileiro (Sicoob) vem batendo recordes de crescimento em números de clientes, agências, depósitos e ativos totais, em comparação com o sistema tradicional do País, que reúne grandes bancos privados e públicos. No ano passado, o Sicoob nacional alcançou 3,6 milhões de associados/clientes, um crescimento de 12% no período. O número de agências somou 2.551 , com crescimento de 5,9%, enquanto o Banco do Brasil, por exemplo, reduziu 400 agências em todo o país desde o final do ano passado. Os números mais expressivos estão no avanço dos depósitos (R$ 47,8 bilhões)  e ativos totais  (R$ 76,3 bilhões), ambos com taxas de crescimento de 32,5% , num período em que toda a economia brasileira vem registrando desempenho negativo nos últimos três anos. O Sicoob já figura entre os 50 maiores grupos empresariais do Brasil.

Esses dados foram revelados na manhã de hoje (23), pelo presidente do Sicoob Central SC/RS, Rui Schneider da Silva, durante encontro com a imprensa. Ele revelou que a entidade em Santa Catarina e no Rio Grande Sul cresceu 24% no ano passado em ativos totais, em relação a 2015, com um valor que alcançou R$ 10,6 bilhões. “Isso demonstra que as cooperativas de crédito, por seu modelo diferenciado de negócios, são uma ótima alternativa para quem quer pagar menos taxas de juros e ter as mesmas garantias de um banco, com a vantagem de que os resultados retornam para o cooperado”, explicou.

Formado por 39 cooperativas, o Sicoob SC/RS está presente no campo e na cidade, e atende pessoas físicas e jurídicas com os mesmos produtos e serviços, sempre com taxas e prazos mais atrativos que os bancos tradicionais. Hoje com  750 mil associados  em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, o objetivo é alcançar  1 milhão de associados  ao final de 2018.

Rui Schneider não tem dúvidas de que o Sicoob vai alcançar essa meta porque, segundo ele, o cooperativismo de crédito tem uma cultura alinhada com o desenvolvimento da comunidade onde atua, gerando mais emprego, renda e qualidade de vida. “Somos uma instituição financeira com o propósito social e de origem comunitária, mas não deixamos de lado a saúde financeira dos negócios”, conclui.

SICOOB SC/RS EM  NÚMEROS (2016 em relação a 2015)

750 mil associados  ( 24%)

403 agências ( 22%)

4.147 funcionários ( 27%)

R$ 10,6 bilhões em ativos totais ( 24%)

R$ 7,3 bilhões em depósitos totais (33%)

R$ 5,3 bilhões em operações de crédito (16%)

R$ 1,8 bilhão em patrimônio líquido ( 13%)

 

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.