Soluções ensinam cidadãos a cuidar melhor das finanças desde cedo

Redação 09/05/2017
Redação 09/05/2017

Desde cedo os empreendedores devem aprender a realizar um bom planejamento financeiro para obter sucesso em seus negócios. É com essa premissa que o Sebrae passa a promover três novos produtos entre as ações realizadas pelo Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE), dentro da 4ª Semana Nacional de Educação Financeira (Enef), de 8 a 14 de maio.

A série de vídeos Eu e Meu Dinheiro e a palestra Gestão de Finanças Pessoais, produzidas pelo Banco Central, são duas dessas novidades. Além delas, acrescenta-se a formação de potenciais empreendedores entre estudantes da educação básica, com o uso de materiais didáticos do Programa Nacional de Educação Financeira (Pronef), coordenado e desenvolvido pelo Conselho Nacional de Educação Financeira (Conef), para aprofundar sua formação.

O objetivo é incentivar a consciência da necessidade de planejamento financeiro de crianças, jovens e adultos que participam dos cursos do PNEE com temas e conteúdos relacionados à educação financeira. “Saber usar bem o próprio dinheiro é o primeiro passo para formar cidadãos e empreendedores conscientes, com mais chances de fazerem seus negócios se tornarem bem-sucedidos”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

As propostas têm um processo simplificado de implementação, com capacitação de colaboradores e professores realizada a distância. Os cursos abordam os temas de uma forma lúdica e buscam conectar os participantes a situações cotidianas relacionadas a finanças pessoais, como orçamento familiar, a importância de poupar e consumo consciente, entre outros.

A série Eu e Meu Dinheiro ajuda jovens e adultos a identificar padrões de tomada de decisão financeira e contribuem para a reflexão e mudança de comportamentos. A palestra Gestão de Finanças Pessoais exibe vídeos animados, nos quais a família do personagem Tarsílio e seus amigos apresentam situações em que usam o dinheiro de forma consciente e otimizam gastos. Já os materiais didáticos abordam conteúdos e temas relacionados à educação financeira alinhados com as diretrizes curriculares nacionais de forma objetiva e interdisciplinar. Os produtos serão aplicados em escolas de educação básica já parceiras do programa. Para conhecer melhor as três iniciativas, vale acessar https://cidadaniafinanceira.bcb.gov.br/ e http://www.edufinanceiranaescola.gov.br/.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.