Startup tira proveito da crise e oferece atendimento médico a preço popular

Redação 06/07/2017
Redação 06/07/2017

A crise econômica ainda em andamento tem levado trabalhadores a perderem os planos de saúde pagos total ou parcialmente pelas empresas. A recessão, no entanto, vem ampliando a oportunidade de crescimento de novos modelos de negócio na área. É o caso do Hippo Drs. – uma startup de serviços de saúde, que iniciou os trabalhos no interior do estado de São Paulo e, em pouco mais de um ano, vem expandindo sua cobertura pelo país, oferecendo atendimento clínico e exames médicos, sem mensalidade e a preços populares, além de novos postos de trabalho.

Nas mais de 15 cidades onde os serviços já estão disponíveis, a empresa se revela uma alternativa para quem perdeu o emprego, ficou sem convênio médico, e não quer esperar meses por uma consulta através do SUS (Sistema Único de Saúde).

Para Raulo Ferraz, CEO e fundador da startup, proporcionar uma experiência agradável em serviços de saúde é possível, e essa é a missão, mesmo em meio a crise. “É só abrir os jornais, que logo nos deparamos com matérias sobre o desemprego, recessão econômica, caos na saúde pública e insatisfação dos pacientes de convênios médicos”, observa Raulo. Foi uma excelente alternativa, tanto para a classe médica, como para os pacientes. “Diminuiu o número de pacientes vindos de convênios a aderir a plataforma Hippo Drs.”

O Drs. oferece serviços de agendamento de consultas, exames laboratoriais e venda de medicamentos, desde junho de 2014. Em pouco tempo, o plano já cadastrou 500 médicos em 40 especialidades médicas, além de clínicas, óticas e farmácias. Além dos novos postos de trabalho com consultores locais, a remuneração dos médicos por consulta é maior do que as pagas atualmente pelos convênios.

O agendamento dos serviços podem ser realizados pelo site, telefone, whatsApp e aplicativo para celular, disponível para os sistemas Android e IOS. hippodrs.com.br

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.