Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Uma atitude que faz a diferença

redacao 06/10/2011
redacao 06/10/2011

06|10|2011

Cada vez mais, pessoas estão descobrindo formas de viver bem, com saúde, em harmonia com a natureza e com responsabilidade social. Para melhorar a qualidade de vida é preciso cuidar na alimentação, nos exercícios físicos, ou seja, manter hábitos saudáveis e consumir produtos que não agridam a nossa saúde e a natureza.

Assim como os alimentos, os cosméticos orgânicos são uma bela indicação para quem procura benefícios para a sua saúde, respeitando o meio ambiente. São os únicos realmente 100% naturais, portanto não contêm produtos químicos, sintéticos, derivados de petróleo, nem substâncias geneticamente modificadas ou irradiadas. E para garantir que o processo de produção e os produtos sejam realmente sustentáveis, toda a cadeia produtiva é auditada e, se certificados, os produtos recebem o selo de certificação que os garantem como orgânicos.

Os primeiros cosméticos produzidos pela humanidade sempre foram naturais e orgânicos. O Kephi – que foi um dos primeiros perfumes que se tem registro – produzido no Egito, era à base de óleos essenciais. Os banhos aromáticos praticados há milhares de anos, pelos povos da antiguidade, também eram à base de óleos essenciais, que são extraídos de plantas por destilação – é o processo mais antigo e ecologicamente correto que existe de extração. Logo, consumir cosméticos orgânicos é um retorno às nossas origens.

Na Alemanha, maior consumidor de produtos orgânicos do planeta, estima-se que, em 2010, os cosméticos naturais e orgânicos representaram cerca de 10% do mercado. Nos EUA, no ano de 1990, o faturamento nesse segmento foi de US$ 1 bilhão. De lá para cá, até 2010, essa cifra aumentou para US$ 26,7 bilhões.

No Brasil, a demanda por cosméticos orgânicos é recente, porém crescente. A falta de conhecimento por parte das pessoas e o preço elevado dos produtos são os principais impasses para o alavancamento do setor no país. O conhecimento depende da informação. E saber dos benefícios proporcionados pelos orgânicos à saúde e ao meio ambiente pode fazer uma grande diferença. Já, consumir produtos orgânicos faz toda a diferença, para a saúde das pessoas e o futuro das próximas gerações. Escolher orgânicos é uma pequena atitude para cada um de nós, mas com grandes resultados para a humanidade.

Rafael Augusto Krause é sócio-proprietário da Herbia Cosméticos Naturais e Orgânicos, pós-graduado em Gestão Empresarial pela FGV – 2000/2001, formado em Engenharia Mecânica com habilitação em Produção Mecânica pela UFSC.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.