Última edição Edição 262 January 2017 Assine

US Airways demitirá 1.700 funcionários e iniciará cobrança por bagagem

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Em meio à crise do setor de transporte aéreo, cada vez mais empresas anunciam medidas para o corte de custos e novas fontes de receita. Na última quinta-feira (12), a US Airways informou que eliminará 1.700 empregos.

Além das demissões, a empresa devolverá 10 aeronaves que estavam sob contrato de leasing, bem como iniciará a cobrança por bebidas servidas a bordo.

Em linha com medidas promovidas pelas líderes do setor nos EUA, United Airlines e American Airlines, a companhia passará a cobrar cerca de US$ 15 pela primeira bagagem dos passageiros.

Restrições
De acordo com o CEO da empresa, há excesso de oferta no mercado, sendo os cortes de custos necessários em função da fraca demanda verificada, que impede aumentos das passagens.

Nas negociações do after-hours, os papéis da empresa subiram 5,95%, após despencarem 15,94% no último pregão. As medidas visam enfrentar a desaceleração da demanda nos Estados Unidos, bem como o forte incremento de custos relacionados a combustíveis.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.