Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Vendas no Dia dos Namorados crescem 7,72%, aponta pesquisa SPC Brasil

redacao 13/06/2013
redacao 13/06/2013

O movimento de vendas no comércio brasileiro na semana que antecede o Dia dos Namorados, entre os dias 6 e 12 de junho, aumentou 7,72% em relação ao ano passado. O dado é extraído do banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e divulgado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), entidades líderes do comércio varejista, que juntas contam com mais de 800 mil pontos de vendas credenciados em todo país.

O aumento foi maior do que o previsto pelos lojistas, que esperavam um crescimento de 5% no volume de vendas. No entanto, no ano passado, o indicador havia registrado uma variação positiva de 9,08%.

 
 

Vendas Dia dos Namorados

Ano

Crescimento

Tíquete médio

2013

7,72%

R$ 100

2012

9,08%

R$ 75

2011

10,80%

R$ 120

2010

7,23%

R$ 100

 
De acordo com o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, apesar de o varejo ter registrado uma desaceleração em relação aos últimos dois anos, o crescimento de 2013 ainda é considerado positivo. “A pressão inflacionária do primeiro semestre do ano vem corroendo o poder de compra do salário do brasileiro, situação que não era tão latente nos anos anteriores. Tendo isso em vista, registrar um crescimento de 7,72% é algo positivo e que deve ser comemorado pelo setor”, avalia Pellizzaro.

Gasto médio
O Dia dos Namorados é a terceira data mais lucrativa para o comércio, ficando atrás somente do Natal e do Dia das Mães. De acordo com o SPC Brasil e a CNDL, o gasto médio do consumidor brasileiro foi de R$ 100. Os produtos mais procurados nas lojas durante as compras foram os itens de vestuário, calçados, perfumaria, floricultura, jóias e bijuterias.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.