Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Vontade própria faz brasileiro continuar trabalhando depois da aposentadoria

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Muito mais uma vontade do que uma necessidade, os profissionais brasileiros pretendem continuar trabalhando depois da aposentadoria, segundo mostrou a pesquisa "O Futuro da Aposentadoria – Investindo na Melhor Idade", divulgada pelo Grupo HSBC.

De acordo com os dados, nas faixas etárias de 40 a 49 anos e 60 a 69 anos, a proporção dos que pretendem continuar trabalhando chega a 67%. No primeiro grupo, 87% continuarão por vontade própria, ante 13% que acreditam que será por necessidade.

Já no segundo grupo, 77% acreditam que continuarão trabalhando porque querem, enquanto outros 23% disseram ser por necessidade.

Parar ou não parar
A pesquisa ainda mostrou que 17% dos entrevistados com idade entre 40 e 49 anos esperam se aposentar quando chegarem na idade para isso, proporção que cai para 10% dentre aqueles na faixa etária de 60 a 69 anos.

Outros 8% do primeiro grupo esperam que a aposentadoria chegue somente quando forem forçados a isso, ante 7% daqueles com idade entre 60 e 69 anos.

Outras opções apontadas foram espero me aposentar assim que puder voluntariamente ou espero fazê-lo quando amigos ou parentes o fizeram.

Aposentados
Dentre as pessoas já aposentadas entrevistadas, a maioria disse que se aposentou assim que chegou à idade para fazê-lo, com destaque para a faixa etária de 70 a 79 anos, que obteve mais da metade de respostas (51%).

Outra parte disse que continuou trabalhando enquanto pôde. Neste caso, o destaque ficou com as pessoas com idade entre 60 e 69 anos, que teve 29% das respostas para a afirmação da pesquisa.

No público dos já aposentados, chega a 84% (pessoas com idade de 60 a 69 anos) a proporção daqueles que continuaram trabalhando porque quiseram.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.