Walmart é obrigado a fechar sete lojas na China por rótulo errado

redacao 10/10/2011
redacao 10/10/2011

O governo do município de Chongqing, no sudoeste da China, obrigou o Walmart a suspender as operações em sete lojas da cidade devido a acusações de que a varejista teria rotulado como orgânicos derivados de carne de porco que não tinham esse atributo.

Em comunicado, o Walmart informou que colabora com a investigação e que, além da interdição, alguns funcionários da empresa foram detidos.

De acordo com a denúncia, a varejista teria vendido 63,55 mil quilos de carne de porco com rótulo falso nos últimos dois anos, o que permitia vender o produto por um valor mais elevado.

O governo local também aplicou sobre a empresa uma multa de 2,69 milhões de yuans, o equivalente a US$ 423 mil, segundo a agência de notícias Xinhua.

A determinação é que as lojas fiquem fechadas por 15 dias. A empresa considerou na nota que a medida vai proporcionar tempo “para focar na implementação de ações corretivas”.
 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.