Tomás Ferrari e Celso Ferrari

Por Redação 24/10/2016

Fundada pelos gêmeos de 28 anos, Tomás Ferrari, Engenheiro de Materiais, e Celso Ferrari, Engenheiro Mecânico, ambos formados pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), a GeekHunter é uma startup com pouco menos de um ano de existência e já se destaca no mercado.

Com mais de 150 clientes, como Ambev, Netshoes, Dafiti, 99Taxis, NuBank, dentre outros, já atua em todo o Brasil com um grande foco nas principais regiões tecnológicas, como São Paulo, Belo Horizonte, Campinas, Rio de Janeiro e Florianópolis, além de já trabalharem também em contratações locais e remotas de brasileiros para empresas dos EUA e Europa.

A história dos irmãos, na área de empreendedorismo, iniciou-se em 2013 quando ambos foram contemplados com uma bolsa de estudos pelo Ciências Sem Fronteiras para estudar na UCLA (University of California, Los Angeles). O que inicialmente parecia apenas mais um semestre de graduação acabou mudando o rumo de suas carreiras. Da engenharia passaram a focar em disciplinas de marketing e empreendedorismo e, não contentes com apenas a teoria, acabaram iniciando o primeiro empreendimento ainda nos EUA, fazendo parte do time fundador da truBrain. Após um ano e meio, voltaram ao Brasil e seguiram caminhos diferentes.

Tomás tornou-se Global Head da área de afiliados e parcerias na Clickbus e lá foi responsável pelo sourcing, concepção e negociação de parcerias locais no Brasil e em outros países, como México, Colômbia, Paquistão, Turquia e Tailândia. Já Celso, fundou a empresa Lett Insights, que logo foi contemplada pelo programa Sinapse da Inovação (programa de subvenção do Estado de Santa Catarina), atualmente incubada no Parque Tecnológico Celta em Florianópolis, e que acaba de receber o seu primeiro Round de investimento.

Apesar de trabalhando em empresas diferentes, ambos sentiram uma deficiência no mercado percebendo que “o tempo gasto para contratar era muito grande e ainda havia dificuldade de encontrar bons profissionais na área de TI”. E não contentes por estarem trabalhando separados, os gêmeos decidiram unir forças novamente e resolver o problema de contratação de desenvolvedores de software.

perfil2.1

Foi então que eles criaram a GeekHunter, que funciona com um modelo inovador no recrutamento de profissionais de TI, pois minimiza o tempo de contratação das empresas e garante a qualidade dos profissionais contratados. Com objetivo de trazer transparência ao processo e evitar entrevistas desnecessárias com profissionais que talvez declinem a proposta ao final de todo o processo pelo motivo de não condizer com as suas expectativas, o modelo de negócios da GeekHunter inverte o formato de contratações tradicional.

Pela plataforma, as empresas oferecem convites de entrevistas já com a descrição da posição, salário, benefícios e detalhes da empresa, para que então venham a ter uma entrevista formal. Os convites para entrevista acontecem em uma “rodada de contratações”, onde, durante um período de 15 dias, todas as empresas parceiras da GeekHunter têm total acesso a todas as informações de um seleto grupo de candidatos já triados, podendo filtrar por tipos de linguagem de programação, pretensão salarial, além de visualizar os testes de lógica e programação com a nota obtida, qualidade do código e tempo dedicado em cada questão.

A GeekHunter é 100% gratuita para os candidatos e não há obrigação de aceitar qualquer oferta ou de conversar com as empresas. O processo é totalmente on-line e o candidato fica invisível para todas as empresas onde tenha trabalhado anteriormente ou para a empresa onde estiver trabalhando atualmente. Ainda mais interessante é que, caso o candidato seja contratado, ele recebe R$ 2 mil da GeekHunter por ter participado da rodada de contratação.

O processo de seleção de candidatos da GeekHunter é bastante criterioso: em média, apenas de 3 a 5% dos candidatos inscritos na plataforma são aprovados. Todos os candidatos passam por uma triagem via algoritmo, seguida de testes técnicos de lógica e programação e por fim um vídeo entrevista.

A GeekHunter trabalha com um modelo de Taxa de Sucesso, ou seja, as empresas podem se cadastrar e ter acesso a todos os candidatos das rodadas de contratações, até mesmo interagir e realizar entrevistas com os profissionais de forma totalmente gratuita. É cobrada uma taxa de serviço à empresa contratante somente a partir do momento em que uma contratação for realizada.

O valor a ser cobrado da empresa empregadora é equivalente ao valor do salário de um mês do empregado em perspectiva. Existe ainda a garantia de uma nova contratação, sem que seja realizada uma nova cobrança da taxa de sucesso caso o empregado não se adeque à empresa no período dos três meses iniciais, referentes ao período de experiência.

Confira outros perfis