Claiton Luiz

Dono da Line Coaching montou um negócio para ajudar outros em apuros após salvar sua própria empresa da falência

Por Marlon Aseff 14/03/2018
Por Marlon Aseff 14/03/2018

A Line Coaching nasceu de um sonho arrojado: criar o programa mais completo de treinamento de empreendedorismo do Brasil, que tem como objetivo salvar empresas à beira da falência. Clailton, um catarinense de 46 anos, nasceu no ramo gastronômico, apaixonado por culinária quis montar um negócio com a proposta de atender eventos corporativos e sociais. Foi o dono do buffet pioneiro a levar a Florianópolis um cardápio em “finger food”, comida servida em pequenas porções, tornando-se referência nacional em atendimento a clientes renomados e exclusivos. A empresa também atendia no segmento de alimentos & bebidas em hotéis e clubes, abriu um restaurante, viveu o auge da fama, tendo em seu staff os melhores chefs de cozinha, garçons e operacional da região.

Com o crescimento exponencial, convidou dois sócios para ajudar no gerenciamento e tudo parecia indo bem, agenda cheia, faturamento expressivo e filas de espera para atender a eventos. Muito envolvido com o operacional, em um dado momento, Clailton se deu conta que perdeu o controle das finanças e o gerenciamento de sua equipe. “Com a experiência amarga do meu negócio, percebi que devemos criar um sistema que pode ser gerenciado por qualquer outra pessoa, a empresa não pode depender exclusivamente do dono”, ressalta.

Quase entrou em falência por não ter controles, processos e um programa de treinamento bem executado, resolveu assim criar algo próprio que atendesse e solucionasse os problemas que enfrentava. “Nós devemos buscar o conhecimento e nos munirmos de estratégias para mudar, eu precisava de algo que realmente funcionasse para sair de mais de 1 milhão de dívidas que estávamos”, lembra o empreendedor.

Seis meses após implantarem o plano desenvolvido, o negócio estava salvo, sem dívidas e prosperando novamente. A partir de então, vários empresários da região solicitaram ajuda para também acharem um caminho que solucionasse os inúmeros problemas de um empreendimento. Com o intuito de suprir uma necessidade explícita do mercado empresarial, resolveu então vender sua parte no buffet e abrir algo que contribuísse expressivamente com a mudança de cultura e de gerenciamento. O desafio da Line Coaching é implantar e colocar em prática um protótipo que funcione sem a presença de quem a fundou, tendo como missão transformar economicamente um negócio, uma cidade, um país.

Atualmente Clailton viaja o país ministrando palestras e treinamentos, abrindo franquias de sua empresa em várias regiões, inclusive com propostas para o exterior. Tem 5 mil alunos em formação em Coaching onde subsidia 90% do valor do investimento para capacitação de pessoas.