Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Rafael Biasotto

A criatividade dos empresários reflete no sucesso de peças bem-humoradas

Por Mônica Pupo 13/05/2014
Por Mônica Pupo 13/05/2014

Criatividade e versatilidade são habilidades que Rafael Biasotto domina como poucos. Aos 37 anos, o empreendedor nascido em Florianópolis começou a trabalhar ainda na adolescência com artes gráficas e serigrafia. Precoce, antes dos 25 anos já havia sido dono de uma oficina de brindes e de um bar de praia. Após cursar faculdade de Administração de Empresas e viajar pela Europa, ele retornou à sua cidade natal decidido a empreender mais uma vez. Foi então que fundou a Uatt?, que hoje mantém pelo Brasil 60 lojas, 800 pontos licenciados, mais de 2,5 mil multimarcas e a loja on-line. Neste ano, a empresa foi reconhecida pela Endeavor como um negócio de alto impacto, além de ter sido finalista no Prêmio Empreendedor do Ano 2013, da Ernst & Young Terco.

“Desde cedo, busquei experiências que me proporcionassem desempenhar, desenvolver e crescer no que estava fazendo, o que me incentivou a encarar e superar meus desafios pessoais”, relembra Rafael, que começou produzindo estampas, camisetas, adesivos e outros materiais gráficos quando ainda estava no colégio. Formado técnico de mecânica de produção pela Escola Técnica Federal de Santa Catarina, hoje Instituto Federal, ele chegou a fazer estágio na área de produção de compressores na Embraco, em Joinville.

Em 1995, foi a vez de ingressar no curso de Administração de Empresas da Universidade Federal de Santa Catarina. Na sequência, conseguiu estágio para trabalhar na área de qualidade e processo de desenvolvimento na REIVAX Automação, empresa de tecnologia de controles de usinas de geração de energia. Ainda nos tempos de estudante, Rafael montou uma empresa de artigos promocionais e brindes, ao mesmo tempo em que comandou um projeto de consultoria numa empresa de presentes e papelaria, a Mensageiro dos Ventos, que é especializada em papel reciclado. Sempre em busca de novas experiências, um ano depois, o jovem decidiu largar tudo e trancar a faculdade para estudar inglês e italiano na Europa, onde viveu por um ano.

De volta ao Brasil, Rafael tinha apenas uma certeza: a de que empreenderia novamente. Em 2002, com apenas R$ 18 mil – sendo R$ 10 mil cedidos pela avó e o restante proveniente das economias que fez durante a viagem – ele deu início a um negócio artesanal, que consistia na fabricação de objetos de polipropileno, como luminárias e porta-retratos. “Comecei sozinho, numa sala na casa dos meus pais”, relembra.

Não demorou muito para que as peças descoladas e bem-humoradas, que caracterizam o portfólio da Uatt?, caíssem no gosto do público, impulsionando a popularização e o crescimento da marca. Dois anos depois, em 2004, a empresa ganhou reforços com a chegada de Ivan Oliveira, ex-colega de faculdade e desde então sócio de Rafael. “O Ivan entrou no negócio para organizar a parte de fabricação e operacional da empresa na época, agregando com muita experiência em produção e indústria”, conta o empresário.

“À medida que o negócio foi crescendo, a fábrica teve que se mudar para um local mais amplo, além de contratar mais funcionários”, relembra Rafael. Atualmente, a Uatt? possui cerca de 110 funcionários e está localizada em uma área de 26 mil m², localizada em São José (SC), sendo 5 mil m² de área construída, e 2,5 mil postos de armazenagem. Dentro das instalações estão localizadas a Escola de Negócios, responsável por capacitar todos os colaboradores, consultores, franqueados e equipe de lojas, e o Projeto Pescar, que atende jovens da região em situação de vulnerabilidade social.

A entrada definitiva no varejo, com a inauguração praticamente simultânea de duas lojas próprias em Florianópolis, ocorreu em 2008. “Começamos a traçar de forma bem delineada um novo posicionamento de marca, apostando no gesto de presentear com emoções, cores e alegria”, aponta o empreendedor. Das lojas próprias – que hoje somam quatro – para as franquias foi questão de tempo, mais precisamente dois anos. Atuando no franchising desde 2010, a rede possui hoje 56 unidades espalhadas em todas as regiões do Brasil. No início deste ano, a Uatt? recebeu o Selo de Excelência em Franchising, concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

O caminho até o sucesso, no entanto, nem sempre foi tranquilo. Para chegar onde chegou, Rafael precisou enfrentar uma série de desafios muito comuns aos pequenos empreendedores, como a dificuldade em encontrar recursos humanos, físicos e financeiros que os permitissem crescer. “É um desafio utilizar a criatividade sempre para buscar alternativas para gerar melhorias e novas oportunidades, objetivando crescimento e expansão dia a dia”, reflete.

Com mais de 1,2 mil produtos no mix, a Uatt? segue crescendo a taxas de 50% ao ano. “Estamos em busca de abrir mais franquias e quiosques, totalizando pelo menos duzentos até o final de 2014”, revela Rafael, que também pretende expandir a rede de licenciados da marca, com o objetivo de atingir dois mil pontos de venda em todo o Brasil até o fim do ano que vem.