3 ferramentas que podem ajudar os PMEs e MEIs neste início de ano

Sistema de gestão empresarial é capaz de alavancar os negócios durante a época festiva

Redação 09/01/2020
Redação 09/01/2020

Após a correria nas vendas de fim de ano com Black Friday e Natal, pequenos empresários se organizam nestes primeiros dias do ano para iniciar 2020 com o pé direito nos negócios. Entretanto, os serviços de sistema de gestão empresarial (ERP) oferecidos no mercado ainda estão muito caros para PMEs e MEIs, que sofrem para organizar seus negócios de forma mais automatizada.

Pensando nisto, o Bling (www.bling.com.br) – startup que oferece sistema de gestão empresarial completa para a micro e pequena empresa – oferece serviços de ERP de forma mais democratizada, possibilitando que pequenos empreendedores façam a gestão do seu negócio com mais segurança, facilidade, agilidade e eficiência.

Para estes grupos, a startup disponibiliza ferramentas que podem alavancar ainda mais as vendas, especialmente no momento mais festivo do ano. Com o uso delas, é possível gerenciar desde o estoque ao envio do pedido totalmente integrado com lojas físicas, plataformas de e-commerce, marketplaces e transportadoras. O resultado é a maior rapidez e segurança em cada processo – o que garante, ainda, a satisfação do cliente.

1. Integrações com plataformas de e-commerce e marketplace

E-commerces e marketplaces são os espaços ideais para gerar oportunidades para o MEI e soluções de gestão do Bling ajudam o MEI a ganhar tempo, operando seu negócio em vários canais de venda.

Além disso, a startup conta com centenas de integrações com plataformas  de e-commerce e marketplaces, permitindo que o MEI gerencie sua loja virtual com organização de forma mais acessível que o mercado oferece e facilidade do pedido à entrega.

2. Emissão de notas fiscais

Apesar de não ser obrigatório, o MEI pode utilizar notas fiscais eletrônicas. No Bling, o pequeno empresário pode emitir suas notas eletrônicas com uma Inscrição Estadual na Secretaria da Fazenda (SEFAZ) do seu estado. Após a inscrição, também será necessário ter autorização para emissão de notas fiscais eletrônicas e um certificado digital.

O grande diferencial é o Bling importa os dados de venda, assim o MEI não precisa perder tempo digitando informações de forma manual. Além disso, calcula os impostos automaticamente.

3. Frente de Caixa

Dentre as rotinas de uma empresa, existem várias operações que exigem maior atenção aos detalhes e algumas dessas atividades envolvem desde a agilidade do atendimento à organização geral. A frente de caixa é uma delas, afinal a compra é efetivamente concluída nesta etapa, sendo de extrema importância para que tudo ocorra a favor da melhor experiência para o consumidor final.

Frente de caixa é onde todo o trabalho da equipe de operação de vendas é consumado de fato e é usado por quem opera em varejo físico. Afinal, é nesse momento que o consumidor realmente efetiva sua compra. Portanto, aqui é fundamental que todo o suporte ao cliente continue sendo prestado com a maior eficiência, agilidade e qualidade. 

Sobre o Bling

O Bling (https://www.bling.com.br) é uma startup que oferece sistema de gestão completa para a micro e pequena empresa. Com 11 anos de mercado, a empresa permite que pequenos empresários façam a gestão do seu negócio com segurança, facilidade, agilidade e eficiência. O sistema oferece diversos serviços que possibilitam o controle total sobre as vendas, finanças, estoque, produtos, clientes, pedidos, comissões de vendedores entre outros. Além disso, o Bling é integrado com os Correios e com as maiores plataformas de e-commerce e marketplace do país.