4 motivos para adotar os post-its no desenvolvimento de competências

Os papéis adesivos auxiliam a manter a produtividade do colaborador sem abrir mão do dinamismo e agilidade no processo de aprendizagem corporativa

Redação 09/01/2019
Redação 09/01/2019

Enquanto a importância da área de Treinamento & Desenvolvimento se consolida cada vez mais no ambiente corporativo, o nível de satisfação das empresas em relação a este serviço permanece sem grandes avanços. Pelo menos é o que indica o Panorama de Treinamento no Brasil. Segundo informações divulgadas pela pesquisa anual, o indicador alcançou o número de 20% de satisfação em 2017. Mas caiu para 15% no último ano.
Diante desse cenário, é possível perceber certa dificuldade do setor em lidar com a realidade empresarial na qual o treinamento não é uma prioridade dos colaboradores. Outro fator de influência na assertividade do desenvolvimento de competências é a quantidade de dados a que as pessoas são expostas diariamente.

Não é à toa que o designer instrucional precisa saber como manter a produtividade do funcionário sem abrir mão da agilidade no processo de educação corporativa. De acordo com Flora Alves, CLO da SG Aprendizagem Corporativa e idealizadora do Trahentem®, metodologia que tem revolucionado a maneira como as pessoas desenham os seus processos de aprendizagem corporativa, um caminho para solucionar esse desafio é a objetividade na transmissão de conteúdo. Na prática, a síntese de informações é a habilidade de captar e disseminar apenas as ideias essenciais em um treinamento. Logo, é o ato de dispensar os dados extras.

Aqui é onde entram os post-its.

Os papéis adesivos (de diversos formatos e tamanhos) vão muito além dos tradicionais blocos de notas. “Para tornar o treinamento atrativo aos aprendizes, é fundamental elaborar as ações com rapidez e dinamismo. E esses aspectos se alinham completamente aos pilares dos post-its, que facilitam a transmissão e absorção de conteúdo, principalmente ao serem utilizados em cores diferentes a fim de simplificar a associação do cérebro em determinada tarefa ou informação. Além disso, também faz toda a diferença no treinamento levar em consideração as reais necessidades de quem participará da iniciativa”, afirma Flora.

Entre as características benéficas dos post-its para as ações de aprendizagem corporativa estão:

Liberdade – Ao longo da construção de uma solução de aprendizagem é comum que os envolvidos neste processo fiquem com receio de expor as ideias. Neste caso, o post-it é ideal para mudar este mindset. Afinal, os papéis foram projetados para serem usados temporariamente e descartados em seguida. Ou seja, passam a mensagem de que não há problema em errar, pois sempre tem uma nova chance de acertar.

Versatilidade – O post-it não é feito de regras. Então, é possível contribuir com uma frase, palavra ou até mesmo um desenho. Essa versatilidade captura melhor a ideia da mensagem a ser transmitida e acompanha uma liberdade que estimula a exploração de insights.

Clareza – O tamanho do post-it é decisivo para trazer clareza à construção de uma solução de aprendizagem, pois induz os envolvidos a expor a essência das ideias. Por consequência, os insights extras que não agregam realmente ao treinamento já são deixados de fora logo no início, e a discussão é direcionada às reais necessidades do aprendiz.

Colaboração – Os designers instrucionais estão acostumados a elaborar um treinamento em frente ao computador, mas o processo não precisa ser exatamente assim. A atividade pode ser leve, dinâmica, totalmente alinhada às estratégias do negócio e mais completa ao inserir outros pontos de vista (inclusive, os da alta liderança). Para que isso aconteça, é simples. Basta dar boas-vindas ao trabalho colaborativo.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.