5 dicas para aumentar a recorrência de vendas no e-commerce

Especialista com mais de 13 anos de experiência no mercado separou conselhos para conquistar o cliente e manter a recorrência de vendas online

Redação 29/08/2020
Redação 29/08/2020

Ter uma curva de crescimento ascendente e previsível é o sonho de todos os proprietários de lojas online, mas na maioria dos casos, isso é uma realidade um pouco distante. Na base de acertos e eventuais erros, para ajudar a minimizar essas incertezas, Thiago Santos, CEO da e-thinkers, empresa de gestão de e-commerce, selecionou cinco práticas que ajudarão a ter mais controle sobre as vendas no comércio eletrônico estimulando a recorrência. O empresário já auxiliou mais de 25 empresas em suas lojas virtuais, que, juntas, geraram mais de R﹩ 400 milhões na economia. Confira:

1 – Crie perfis para os seu consumidores

Categorizar seus usuários te permite fazer comunicações mais baratas e mais eficientes. Existem diversas formas de fazer isso, mas você pode começar pelo básico, como por exemplo: idade, gênero, localização, ticket médio, total comprado, data da última compra, quantidade de compras, entre outros.

2 – Estabeleça uma rotina de comunicação geral e categorizada

Determine uma frequência e por quais mídias o seu consumidor será impactado. Com os dados dos consumidores em mãos, crie uma agenda de comunicação com todas as mídias disponíveis para sua realidade, alguns exemplos são e-mail marketing, push notifications, sms e mídia display. Intercale mensagens gerais com mensagens baseadas na categorização do público. Isso fará com que a audiência se mantenha ativa e melhore seus índices de qualidade.

3 – Classifique seus produtos de forma que lhe permita criar filtros mais específicos

A classificação de produtos ajuda na criação de landing pages mais eficientes, aumentando a oportunidade de comunicação com grupos de clientes mais específicos, como por exemplo: tamanhos grandes com X% de desconto.

4 – Estimule a recompra

A aquisição de clientes novos é uma estratégia que tende a ser mais cara que ações de relacionamento com os clientes que você já tem. Além disso, essas ações de relacionamento aumentam o lifetime value – ou tempo de vida do cliente – do seu consumidor. A sugestão é que parte importante dos esforços de comunicação sejam nessa linha, por exemplo, dando um estímulo para a segunda, terceira ou quarta compra.

5 – Tenha um pós-venda ativo

Em caso de sucesso, aproveite o bom astral e pergunte como foi a experiência, em caso de insucesso se antecipe ao problema, entre em contato com o consumidor, deixe-o saber que você está cuidando do problema dele. Isso cria uma relação de confiança que o faz lembrar de você na próxima necessidade de compra.

Sobre a e-thinkers

A e-thinkers é uma empresa de gestão de e-commerce de marcas premium, referência no segmento de moda de luxo no Brasil. Atualmente, é responsável por 18 das principais marcas de moda brasileiras como Cris Barros, Mixed, Fit, Fillity, PatBo, La Rouge Belle e Paula Raia. A empresa possui três frentes de serviços: a co-gestão, onde por meio desse braço a empresa é responsável pela áreas de Tecnologia, Design, Marketing, Comercial e Produção de cada cliente; o 4Hands, onde a marca que contrata trabalha diretamente com o time de design, cadastro e programação da e-thinkers para montar sua loja virtual; e o DIY, serviço em que o cliente tem acesso aos templates e funcionalidades criadas pela empresa durante seus sete anos de existência, mas implementa o site sem o auxílio do time e-thinkers. Fundada em 2013, a empresa já atuou no desenvolvimento e gestão de mais de 35 marcas de luxo nacionais e internacionais, tendo crescimento acima da média de mercado e operando algumas dezenas de milhões mensalmente na sua carteira de clientes.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.