As dicas de 5 empreendedoras

Redação 19/11/2020
Redação 19/11/2020

ANDRESSA FAVORITO

Especialista em gestão de negócios de Moda

“Esteja à frente da sua marca. As pessoas se identificam com pessoas, então, as chances de alguém preferir fechar negócio com você em vez da concorrência são altas. Procure não se esconder, saia do anonimato com autenticidade. Lembre-se que, para o piloto de Fórmula 1 ganhar a corrida, ele olha sempre para a frente e não para quem está no retrovisor. Foque em si e no desenvolvimento do seu empreendimento. Dessa maneira, estará na liderança”.

LUANA RIBEIRO

CEO da Devninjas, startup com foco em transformação digital

“Muitas pessoas acreditam que o empreendimento precisa ser inovador. Ou seja, disruptar todo um mercado. Mas, na verdade, para um negócio ter sucesso, basta simplesmente suprir as necessidades de alguém. Então, no momento de idealizar uma iniciativa, insira o consumidor no centro do processo, até porque, no final das contas, é ele quem irá comprar a sua ideia”.

SABINE ZINK

Cofundadora do SAS Brasil, organização social itinerante que leva saúde a locais de vulnerabilidade

“A mulher é, com certeza, a maior protagonista da mudança social no mundo hoje. Somos engajadas, somos pivô de transformação. Cerca de 70% dos nossos voluntários hoje são mulheres e isso é muito poderoso. Se você tem um problema no mundo ou na sociedade e acredita que merece ser solucionado, aposte no seu potencial, olhe para quem você é na sua melhor versão e arregace as mangas para fazer acontecer. Eu sempre acreditei que as grandes transformações começam com pequenos passos e, construindo uma coisa de cada vez, vamos longe”.

PATRICIA RAMOS

Influenciadora digital e dona da loja Collection By Paty

“Comece com o que você tem. Não espere ter o valor ‘x’ para iniciar. Para dar certo é preciso ter uma boa administração do dinheiro, mas se você ainda não tem uma verba para dar o start, inicie estudando, pesquisando bastante sobre o que você quer de fato fazer. Jamais se compare aos outros, pois cada negócio é um. E, por último, foque sempre no melhor: no melhor atendimento, no melhor produto, na melhor administração. Foque onde você quer chegar”.

TATIANA SILVA

Cofundadora e CEO do Fa.vela, aceleradora que oferece educação empreendedora em periferias

“Especialmente no contexto de pós-pandemia, busque entender melhor como funciona a economia digital que a gente vive. Esse período de pós-pandemia levou muitos empreendimentos a pensarem na transformação digital, na digitalização de processos e na sua presença digital. Então, a dica é ver como as possibilidades do digital podem impulsionar nossos empreendimentos, seja para facilitar uma estratégia de divulgação, seja por permitir uma gestão mais consciente de recursos e estoque”.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.