Brasiliense fatura R$ 3 milhões com açaí saudável e fitness

franquia

Cayo Costa é o sócio fundador do Açaí Puríssimo, rede candanga com 10 lojas e em crescimento pelo sistema de franchising

O consumo de açaí se popularizou no fim dos anos 90, e de lá pra cá se tornou um mercado em expansão, tanto em terras brasileiras quanto no exterior. Dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), mostram que, em 2021, o mercado de açaí rendeu, no Brasil, R$ 40 milhões de reais, com um crescimento de 15% na produção. Cayo Costa é um dos empreendedores brasileiros que está surfando nessa onda do fruto amazônico e vem ganhando cada vez mais notoriedade nesse mercado. À frente do Açaí Puríssimo, rede brasiliense especializada no preparo de cremes, shakes e congelados com a polpa do fruto amazônico, Costa já conta com 10 unidades espalhadas pelo Distrito Federal e já soma um faturamento de R$ 3 milhões com a venda do insumo.

O empresário, que sempre foi antenado no mundo fitness e de alimentação saudável, transformou o interesse pelo fruto amazônico, com alto valor nutricional, em negócio em 2014. Na época, o faturamento do negócio girava em torno de R$ 110 mil reais, com vários altos e baixos. Em 2017, o Açaí Puríssimo finalmente se estabeleceu no mercado e começou a se mostrar como um negócio lucrativo, com operação reduzida e alta lucratividade e apelo. Em 2021, com um ano de pandemia, a rede não se intimidou com o isolamento social e fechou o ano com faturamento de R$ 3 milhões. Já em 2022, a previsão da rede de franquias é chegar a meta de R$ 5,5 milhões com 24 lojas inauguradas.

Mas quem vê hoje o sucesso do Açaí Puríssimo, não imagina que a rede começou como um negócio complementar às lojas de suplementos do sócio fundador – que na época levava o nome de “Açaí Pump”. Nesse período, Cayo Costa oferecia preparos com o fruto amazônico, de maneira tradicional, como os já disponíveis no mercado por outros players. Em 2014, a marca desembarcou em Águas Claras, mas a falta de diferencial não atraia tanto os clientes e o empreendimento estava à beira do colapso. No mesmo ano, o empresário decidiu investir tudo o que tinha em um rebranding para encontrar um gancho que o diferenciasse dos demais concorrentes. Foi de olho no seu estilo de vida saudável e no ecossistema do seu outro negócio, que o brasiliense chegou ao pulo do gato: investir em um açaí saudável, sem açúcar, aditivos químicos ou xaropes artificiais. A jogada de investir no fruto amazônico como um superalimento não só deu certo para tirar a marca do buraco, como fez a rede decolar.

Com a mudança do nome, do cardápio e do layout das lojas, o Açaí Puríssimo cresceu rapidamente em Brasília. “Somos o único player no mercado brasileiro de açaí que pode ser considerado 100% saudável, com zero açúcar, xarope e aditivos químicos. Nosso público são pessoas ligadas ao estilo de vida saudável, mas principalmente as que treinam com uma certa constância e buscam opções de sobremesas naturais, saudáveis e que sejam aliadas à saúde”, explica Cayo Costa.

Seguindo o mote de saudabilidade, os frutos utilizados pela rede Açaí Puríssimo são colhidos na Fazenda Açaí Amazonas, no Pará. Não à toa, o preparo da marca faz jus ao seu nome: os produtos são puros e saudáveis, adoçados apenas com stévia e aroma natural de guaraná. Além disso, não há adição de água, conservantes, corantes, emulsificantes artificiais ou gorduras trans na sua composição. Hoje, a marca oferece sete opções de receitas próprias da linha gourmet, além de combinações com frutas e chocolates, shakes à base de açaí, uma linha fitness (com Whey Protein), polpas congeladas e barras de açaí in natura.

Para 2022 ano, a expectativa do empreendedor brasiliense é levar o Açaí Puríssimo para outros locais do Brasil. “Nossa previsão é fechar o ano de 2022 com R$ 5,5 milhões de faturamento e 24 lojas inauguradas na capital. Estamos animados e esperançosos com a retomada do comércio e confiantes de que temos muito mercado a alcançar ainda”, finaliza Cayo Costa.

Raio x da franquia Açaí Puríssimo:

Investimento Inicial: 100 mil investimento

Taxa de Franquia: 50 mil de taxa de franquia

Previsão de Retorno: 24 meses

Projeção de receita mensal: Quiosque: Loja Física + Delivery: 40 mil

Número de funcionários:  2

Royalties: 5%

Facebook
Twitter
LinkedIn

Você também vai gostar de: