Empreendedores lançam movimento para aquecer comércio nos bairros

Redação 06/04/2020
Redação 06/04/2020

Um grupo de CEOs de grandes empresas nacionais, como Malwee, Magazine Luiza, Boticário,Embelleze, Ambev e Stone lançaram nesta segunda-feira (6) o movimento #CompredoBairro, uma iniciativa de ação social e econômica que busca incentivar a economia solidária e o aquecimento do comércio de bairro , em especial ligado a pequenas empresas. Criado com o apoio do Sebrae, o movimento atua em duas frentes: capacitação técnica e profissionalizante e estímulo ao comércio de rua, buscando ajudar a economia nacional em um momento de crise dos pequenos negócios.  Itens como Gestão Financeira e Contábil, Gestão Fiscal, Marketing Digital, Recursos Humanos, Digitalização e Experiência do Consumidor são alguns dos temas que serão disponibilizados pelo programa visando a atualização profissional ao pequeno varejo, através da página digital do movimento.

Um levantamento recente do Sebrae mostra que 6,3 milhões de pequenos negócios compõem o pequeno varejo brasileiro, sendo o setor responsável pelo sustento direto de cerca de 43 milhões de pessoas. De acordo com Guilherme Weege, CEO do Grupo Malwee e um dos idealizadores do movimento, esses números reforçam a importância do segmento para a economia nacional -que é um dos mais afetados pela crise atual.  “Somos lideranças brasileiras reunidas em torno de uma só causa: ajudar o pequeno varejista brasileiro a se profissionalizar e, assim, se tornar mais competitivo diante deste cenário econômico complexo e adverso que estamos vivenciando. Conhecemos, de maneira bastante próxima, as dores, as angústias e as incertezas que rondam esses comerciantes e sabemos que a falta de capacitação técnica especializada é uma questão que se impõe urgente para esse segmento, sobretudo neste momento”, avaliou Guilherme Weege.

Além da frente de capacitação, em um segundo momento, o movimento #CompredoBairro vai atuar para estimular a população brasileira a consumir produtos nacionais, especialmente de comércios locais. O objetivo é ajudar a levar fluxo para os lojistas e, assim, contribuir com a sustentabilidade da cadeia.Segundo Weege, com a abertura do comércio após o período de quarentena, seráiniciadoa um trabalho de geração de conteúdo que engaje os consumidores a aderir ao propósito do movimento, que é o de valorizar o produto nacional e o pequeno varejo brasileiro.“Acredito na força do pequeno varejo brasileiro. Mas, na outra ponta, é preciso conscientizar a população para o fato de que comprar produtos nacionais e do pequeno varejista é uma maneira de ajudar a economia e, ao mesmo tempo, manter viva essa cultura afetiva do brasileiro, essa relação de proximidade e confiança que temos para com o comércio de bairro. Posto que desse segmento dependem milhões de famílias, comprar produtos desses pequenos comerciantes é também uma questão de empatia e solidariedade”, observa o CEO da Malwee.

 

Líderes empresariais criadores do movimento #CompredoBairro

Guilherme Weege- Grupo Malwee

Fred Trajano – Magazine Luiza

Artur Grynbaum – Grupo Boticário

Jean Jereissati Neto- Ambev

Marcel Szajubok -Embelleze

André Street – Stone

Alcione Albanesi- FLC

Ana Fontes- Rede Mulher Empreendedora

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.