Criamos a primeira e maior escola de programação e robótica para crianças e adolescentes do país

Marco Giroto e Vanessa Ban 05/09/2019
Marco Giroto e Vanessa Ban 05/09/2019

O conceito da SuperGeeks surgiu em 2012, no Vale do Silício (EUA), onde eu, Marco Giroto, e minha esposa, Vanessa Ban, morávamos. Lá percebemos que escolas, empresas e políticos estavam se mobilizando para ensinar Ciência da Computação para crianças e adolescentes. Unimos nossa expertise – a minha de programador desde os 12 anos, e a dela – formada em letras, e fundamos a SuperGeeks. Levamos o conceito ao Brasil e para saber se o negócio daria certo em terras brasileiras, criamos um site para sentir a receptividade dos brasileiros.

Ao retornarmos ao Brasil em 2014 e totalmente sem dinheiro, decidimos colocar em prática a SuperGeeks e alugamos uma sala em São Paulo, para reunirmos as pessoas que demonstraram interesse através do site. Embora todo começo seja difícil, nos surpreendemos, pois conseguimos logo de cara 40 matrículas para os cursos de programação. Juntamos então as economias que tínhamos e com apenas R$ 12 mil compramos computadores, conseguimos um espaço maior e iniciamos as aulas. O franchising veio logo no ano seguinte.

A SuperGeeks é a primeira e maior escola de programação e robótica para crianças e adolescentes do país. A rede conta hoje com mais de 60 unidades no Brasil e 5 mil alunos. Todo e seu projeto de expansão é para dentro e fora do Brasil, incluindo Portugal, Estados Unidos, Japão e regiões de língua espanhola.

Eu e minha esposa já estivemos à frente de quatro empresas. Entre elas está uma de áudio livro, de publicidade em livros eletrônicos e uma de “boneca inflável” para cachorros. Além disso, já fui autor de um livro, entre outras ideias que tive e que quase coloquei no papel. Em minha trajetória profissional, foi Vanessa quem me ajudou a “manter os pés no chão” e colocar minhas idealizações em prática, e, claro, com o sucesso da SuperGeeks.