Formaggio Mineiro registra crescimento de 30%

Redação 03/08/2020
Redação 03/08/2020

O cenário econômico causado pelo novo coronavirus fez com que comerciantes se adaptassem à nova realidade, com mais pessoas dentro de casa e o isolamento social. Dentro desse contexto, o e-commerce ganhou notoriedade e rapidamente tornou-se opção para driblar a crise. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), entre os meses de março e maio foram criados cerca de 107 mil novos negócios na internet.

Formaggio Mineiro – pioneira em pão de queijo gourmet no Brasil-, atua há 10 anos no mercado nacional e, em São Paulo, tornou-se referência pelo atendimento diferenciado nas lojas físicas. Porém, o que era marca registrada da empresa, precisou ser adaptado para atendimento com excelência na residência dos clientes. E o resultado foi: expansão com balanço de crescimento. A companhia abriu mais três lojas exclusivamente virtuais durante a pandemia, implantou cardápio online para os estabelecimentos físicos também e manteve as obras de uma nova loja no Brooklin, que foi inaugurada neste mês de julho.

Com isso, a Formaggio Mineiro teve um crescimento de 30% de vendas através das lojas, além de ter gerado novos empregos e mantido toda a equipe intacta, tanto de atendimento quanto do escritório e fábrica. “Nós não precisamos fechar durante a pandemia, porém tivemos que nos adaptar, e a criação da loja virtual com delivery próprio foi uma solução que nos surpreendeu. Aplicamos a maneira carinhosa com que atuamos e aliamos à segurança de levar os produtos até a residência das pessoas. E deu certo, é um modelo de negócio que vai continuar mesmo após a crise pela pandemia”, afirma Marcello Lage, sócio proprietário da Formaggio Mineiro.

Atualmente, a Formaggio Mineiro produz mais de 200 toneladas anuais de pão de queijo, volume que representa um faturamento na ordem de R$ 4 milhões somente na escala industrial.

Em 2019, a marca obteve crescimento de 85% sobre o ano anterior e a expectativa para 2020 é fechar com expansão, apesar da crise.

Todas as lojas permanecem com as medidas de restrição do Plano São Paulo, mantendo o distanciamento das mesas para evitar aglomerações, álcool em gel disponível nos balcões e uso de máscaras, inclusive para o delivery.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.