Franquia de tecnologia atrai público jovem

Redação 17/07/2019
Redação 17/07/2019

Em cinco anos passou de 3,4 milhões para 5,2 milhões o número de jovens empreendedores brasileiros entre 18 e 24 anos que buscavam informações para ter um negócio ou que já tinham uma empresa com até três anos e meio de mercado. O dado é um comparativo do relatório executivo Global Entrepreneurship (GEM) entre os anos de 2013 e 2018.

Quem faz parte dessa realidade são os filhos da internet”, a nova geração de jovens brasileiros que são fãs de tecnologia e dominam o assunto como ninguém. Tamanha proximidade desperta interesse pela carreira que direciona ainda para o caminho do empreendedorismo.

Início próspero

Aos 18 anos, Jean Colaço já havia decidido que iria empreender. Antes disso, já era apaixonado pelo mundo tecnológico. Paixão que surgiu logo na adolescência quando teve acesso ao seu primeiro computador. “Eu comecei a mexer e conhecer melhor a ferramenta, logo depois já estava atendendo as pessoas para instalar programas, formatar computadores, e esses serviços do gênero”, explica o jovem que hoje tem 25 anos.

O caminho não poderia ser outro. Quando atingiu a maioridade, ele entrou para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR), aprendeu muito sobre programação em Java, desenvolveu em seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) um programa de Gestão de Madeireiras (área em que trabalhava até então), e passou a trabalhar com sistemas em empresas até que decidiu ter a sua. E assim foi! Há dois anos Colaço investiu na Gigatron Franchising, franquia especializada na criação de software para gestão, e passou a operar sua unidade em Teixeira Soares (PR), local em que mora.

“Como eu já tinha experiência na área, decidi que era hora de começar meu negócio. Principalmente porque na minha cidade não havia um serviço específico nessa área. Se fosse preciso, era necessário se deslocar até as cidades vizinhas”, explicou Jean, completando que “Com meu próprio negócio eu poderia crescer no mercado e conquistar minha independência financeira. Logo, pretendo prosperar com minha empresa e alcançar mais regiões do meu estado e levar os serviços para cada vez mais pessoas e empresas. Promissora, a tecnologia hoje é um mundo sem limites, e isso se aplica também no empreendedorismo”, conclui.

Sistema de franquias

“Eles (os jovens) estão mais comprometidos com a qualidade de vida, querem empreender com liberdade, ter autonomia e controle sobre seu tempo, podendo decidir o que fazer e quando fazer, por isso o modelo home office faz muito sucesso”, explica Marcelo Salomão, diretor executivo da Gigatron Franchising, sobre o perfil de jovens empreendedores.

São cerca de 70 franqueados e, praticamente metade, empresários de 18 e 30 anos. Entre as duas modalidades, loja física e home office, como mencionado pelo empreendedor, a segunda faz bastante sucesso. E a partir do perfil traçado em junção a grande procura, Marcelo até agregou um negócio alternativo à marca: o Programa Afiliado. Neste, o afiliado paga o valor de um salário mínimo e basicamente comercializa os produtos no mercado ganhando uma porcentagem em cima de cada venda – por sua vez, essa versão de negócio da Gigatron não exige tanto comprometimento como uma operação.

Mercado

Para Salomão, o valor acessível vem permitindo a entrada desse grupo no empreendedorismo. Assim como as microfranquias que possuem investimento bem baixo, a Gigatron, por exemplo, exige investimento a partir de R$10.900. Nessa frente, dois alicerces fortalecem a escolha pelo sistema: suporte e know how.

Marcelo trabalha com tecnologia há mais de 20 anos. Além da formação, ele possui empresas e startups voltadas ao segmento. Experiente, ele diz que entrar e concretizar uma carreira em tecnologia é apostar em uma das profissões mais requisitadas dos novos tempos. Ele argumenta que praticamente todo e qualquer negócio usa a tecnologia em sua gestão. E se ainda não usa, caminha para isso.

“As empresas nos dias de hoje precisam de profissionais de tecnologia. Desde a implantação de algum software até a solução de algum problema. Nosso nicho é promissor e altamente lucrativo para quem souber usufruir”, finaliza.

Gigatron Franchising

Fundada em 1998, na cidade de Birigui, interior de São Paulo, a Gigatron Franchising se destaca pela inovação e qualidade de seus produtos e serviços dentro da área de Tecnologia da Informação, especialmente ao que se refere a softwares. Com o uso de uma metodologia própria, a empresa é considerada uma das maiores fabricantes de software CAD para calçados do mundo. O crescente desenvolvimento do negócio e a propagação de um serviço inovador criado pela empresa – o Software de Gestão Giga ERP – impulsionou a entrada da marca no franchising em 2012. Atualmente, a rede possui 73 unidades distribuídas pelo Brasil.

www.gigatron.com.br