Franquias em 2021: especialista avalia principais tendências

A pandemia da Covid-19 mudou muitos modelos de negócios que precisaram se adaptar rapidamente às transformações impostas pelo período de isolamento social. Por isso, há muita expectativa sobre como os setores devem performar em 2021, sobretudo na área de franquias e varejo. Para Huberto Damas, diretor de estratégia e finanças do Grupo BITTENCOURT – consultoria especializada no desenvolvimento, gestão e expansão de redes de negócios e franquias – será um ano de recuperação. Como em 2020 houve uma mudança de comportamento do consumidor, com a adoção de algumas novas formas de consumir bens e serviços, é possível indicar algumas práticas que devem continuar em alta no pós-pandemia.

“No setor de foodservice, as dark kitchens ou cloud kitchens podem ser uma estratégia de expansão para as marcas de alimentação em novos mercados – esse modelo é focado apenas no delivery e deve crescer bastante no próximo ano. No setor de ensino, o formato híbrido online e presencial também ganha força, e os benefícios vão desde maior conveniência para o aluno ao menor custo de operação da escola. E por falar em redução de custo operacional, o varejo vai passar por um momento de redução do tamanho das lojas. Em um cenário em que as compras online ganharam força, as marcas devem focar nas operações realmente rentáveis e isso passa por rever formato e integrar canais”, explica Damas.

No entanto, é preciso entender que a recuperação econômica vai ser lenta e que será necessária uma dose extra de resiliência. Ainda assim, segundo o porta-voz, investir em uma franquia em 2021 pode ser uma boa opção de negócio, mesmo com as incertezas provocadas pela pandemia.

“Justamente pelo cenário adverso a franquia pode ser uma boa opção pelo fato de ter um processo longo de aprendizado que vem da franqueadora. Muitas delas já passaram por momentos de crise e instabilidades ao longo de sua trajetória, tiveram seus aprendizados e podem guiar os franqueados a driblar melhor as adversidades do momento. Outro ponto importante é a colaboração entre franqueados da rede que muitas vezes trazem ideias que são benéficas a todos. Um empreendedor que investe em uma operação individual não tem essa força colaborativa tão valiosa”, finaliza o diretor de estratégia e finanças do Grupo BITTENCOURT.

Sobre o Grupo BITTENCOURT

Consultoria com mais de 3 décadas de mercado especializada no desenvolvimento, gestão e expansão de redes de negócios e franquias. O grupo foi fundado por Claudia Bittencourt, com o objetivo inicial de apoiar as empresas em seus processos e estratégias de crescimento. Hoje consolidada como uma plataforma de produtos e serviços diversos, atua junto à indústria e ao varejo como um dos maiores especialistas em expansão de negócios em diversos segmentos.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar de: